Croniquetas
 Crônicas
Videos
Versão para Impressão

quinta-feira, 17 de abril de 2014

FILHO DE MÃE INCESTUOSA
  Desconstruindo o homem
 Antonio Carlos Gaio                       segunda-feira, 7 de abril de 2008
A mãe resolveu casar com o filho quando o pai não quis assumir a paternidade e o casamento, fugindo. Criou o filho, sozinha, com ele a lhe fazer companhia, sendo o seu companheiro nos passeios dominicais. Ao seu lado, juntos na alegria e na tristeza, na saúde e na dor, a mãe controla a hora que ele chega, por onde esteve, se dormiu bem e a lista de namoradas. Para examinar no troca-troca o perfil de cada uma, como se diante de um terminal de computador. Indigna-se com a rotatividade e o pouco tempo dedicado a conhecer as profundezas do terreno em que pisa. Troca que nem a lâmpada queimada ou pneu de carro velho - o que mulher nenhuma admite. Imagine ele sair com outras e deixar sua namorada, fiel, em casa, a roer as unhas. Mas se é a mãe, o que ela tem a ver com isso?
É uma afronta o filho ficar com tantas garotas perante a mãe, sozinha, sem homem, marido, amante, ou seja lá o que for. Se ele foi produto de uma relação sem nome, acidental, proporcionada pela noite mais enluarada de que se teve notícia: a que engravida. A que faz nascer o autêntico varão, aquele que dignifica a raça e a torna plena como mãe e rainha, a ponto de presenteá-lo com uma moto nos seus 18 aninhos.
Portanto, a mãe tem direitos sobre seu filho, herdeiro do que representa uma mulher que se sacrificou por ele, a ponto de não permitir que sua vida devassa com outras mocinhas o desencaminhasse, sob os acordes da viola enluarada.
A zeladora do lar prefere ser fiel a seu filho, garantindo a continuidade de seu amor legítimo através da futura nora, que deverá seguir o mesmo código de conduta para ser feliz, pondo para correr as vagabundas, rameiras e oportunistas que tentam se aproximar de seu querido filho e marido, já que não se pode confiar nos homens.
O filho da mãe incestuosa não se liberta da chave de cadeia da mãe, que o aproxima perigosamente da gaiola das loucas, de uma cópia fiel que a assegurará do caminho que escolheu: os homens não prestam ou não a levam a sério como esposa, ou simplesmente não a querem.
Mesmo que o incesto não se efetive, o que vale é o seu caráter refletido na posse e exclusividade da mãe, que descarrega no jovem, supondo que ele veio ao mundo com estrutura para agüentar tamanha tragédia descoberta pelos gregos. O ideal seria exigir dele que não cabe traição, se traição é o que a mãe só vê no homem, desde a fisionomia até as entranhas.
Mas é seu filho, não seu homem. Preferível cedê-lo à nora e mantê-lo em seu poder. Restando ao filho fingir que não vê, tal como Édipo vazou seus olhos diante da mãe e esposa Jocasta, que jazia depois do suicídio.
Como sentir desejo por uma mulher tão castradora? Se ela perdeu o fio da meada quando se entregou a parceiros, lá atrás, no frescor da atração. Pois não estabeleceu condições, limites, reciprocidade e sofreu um processo de retardamento. À procura do orgasmo, só lhe vinha à mente o neném ao abandono no berço e a justiça de Salomão abrir-lhe a cabeça em dois, para que a profecia de se amarrar ao filho em imolação não se cumprisse.
Por mais que o filho de mãe incestuosa seja bem equipado para a ronda das gatinhas, não há tatu que agüente uma mãe frustrada que elege seu filho como o salvador da pátria.
Enviar por email

 
 
Comente
Dê sua opinião, sugestão, critique, desabafe.

Agradecemos sua participação. Ela é importante para que possamos melhorar cada vez mais, para você!

Nome:    
Email:    Opcional  
Título:   
Comentário:   

 
       

rafael de barbacena      -     21/07/2010
execrável,idiótico,retardado. quem escreveu isto merece dormir na lata de lixo. mente vazia.
Arderson Gonçalves      -     14/06/2010
Sim, coisas assim acontencem quando a iniciativa pelo lado da mãe, um filho que esta descobrindo a vida nunca resiste ao toque em suas partes íntimas .Mais apos aos 17 anos acho pouco provável que isso aconteça .Adoro ler contos desse tipo mais nunca me vejo tendo relações com minha mãe,apesar de me derreter por mulheres mais maduras .
Carlos      -     14/04/2010
As relações incestuosas entre mãe e filho são fartamente encontradas no Interior do BRASIL. Apenas, se faz vistas grossas. Assim como existem pais que são verdadeiros maridos de filhas. Não se esquecendo de que os irmãos também têm vida em comum... Há tempos se viu na TV uma sobrinha que vivia maritalmente com o tio. Para quê se arriscar fora o que se tem perto e consentido ? Apesar de tudo... (Regras sociais e religiosas, é só viajar para constatar )
Lucia      -     16/11/2009
Caraca meu ... é a mãe do meu namorado... a nojenta sente dor de cabeça todo dia so pra ele voltar cedo pra casa e ñ passar muito tempo comigo, ela é doente ja disse na minha cara que ele é o tudo dela.. que eram eles tres, ela o meu namorado e sua neta que por sinal é uma peste vestida de criança.. impressionante como as duas tem ele como um objeto delas...to ferrada!!!


Pesquisa
Digite a palavra a ser pesquisada e clique em pesquisar
Antonio Carlos Gaioom/people/Antonio-Carlos-Gaio/100003485676987" target="_TOP" title="Antonio Carlos Gaio">
Criar seu atalho


 

 

 

 

© 2007, Jornal duGAIO - Todos os direitos reservados
Projeto e desenvolvimento - DJ Wagner J. Pereira e Ana Carvalho.