O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

DÁ PARA ACREDITAR EM FICHA LIMPA DE APADRINHADO DE SARNEY?

Dilma conseguiu o que nem Lula tentou por não querer mexer em casa de marimbondo. Fazer com que o PMDB promova uma faxina ética no seu quadro de ministros da Dilma. Novais foi demitido do Turismo e se tornou o quarto a deixar o governo por denúncia de malfeitos de nos envergonhar com tanta bandalheira, pagando sua governanta e o motorista particular de sua esposa com dinheiro tungado de nosso bolso. Claro que fica mal para a presidente porque não é ela quem escolhe os ministros dos feudos na cota dos partidos que lhe emprestam apoio. Claro que o comando da faxina está a cargo da mídia, que chegou ao nível de investigar e apurar atos corruptos da casta parlamentar muito melhor do que o FBI ou a CIA. Tanto que a oposição adotou a postura de cachorro vagabundo à espreita de restos de comida colhidos na imprensa para instaurar CPI’s. Mas é de se registrar que o PMDB de Temer, como parceiro de Dilma e com governadores e bancadas parlamentares quase majoritárias em todo o país, esforça-se para parecer mais honesto até para sonhar com um dia ter um presidente saído de suas fileiras. Por incrível que pareça, com o suporte da mídia que não para de denunciar sem-vergonhices de políticos, Dilma pode agora exigir ficha limpa até de apadrinhado de Sarney – não é bem o que o cidadão suplica, mas também não é pouco. E começar a expurgar hábitos arraigados em nossa cultura política no chamado presidencialismo de coalizão. Indo de encontro ao que a sociedade tanto reclama por mudanças, como usar o dinheiro público da forma que convier aos interesses mesquinhos de uma gente que não teme AVC, infarto, mal de Alzheimer, senilidade, quanto mais um Deus aparentemente distante, que os deixa se enterrarem à vontade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antonio Carlos Gaio
Categorias