O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
dezembro 2023
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Mariana Valle (Amor & Sexo)

Realidade ou ficção

Esta é a dúvida que ronda a cabeça daqueles que lêem os textos eróticos de Mariana.

Não importa.

Há sempre um pouco de ficção no pão nosso de cada dia e um tantinho de realidade na ficção.

Ou não?

Mais importante do que o que se escreve, é a interpretação de quem lê.

Páginas da escritora:

https://www.instagram.com/marianavalle

https://www.facebook.com/marianavalleescritora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

AMOR MADURO

Escrito a pedido do sogrão, inspirada no meu amor pelo filho dele.

Amor maduro não tem idade
Acontece depois que a vaidade vai embora
Quando o orgulho não chora
E nos deixa simplesmente fluir
Num constante ir e vir
De… Continue lendo


EXCEÇÃO

Exceção a quase regra
Os exs que são sãos
Na hora que o amor se desintegra
Não brigam não

Aceitam a fase de entrega
A um sofrimento que não é vão
Que vem e nos carrega
Pra uma espécie de… Continue lendo


VIAGEM SEM VOLTA

o amor é uma viagem
apenas de ida
não adianta fugir
não tem saída
e sempre fica uma dor
na hora da despedida


AQUÁRIO

mergulhei no teu aquário
pensando que era mar
bati a cabeça no vidro
fiquei sem ar

coração encharcado
em cacos espalhados
sem chão
sem pulsar


APODRECEU

O rastro do gosto gasto
Da tua saliva
Era memória viva e morreu

A sua cara, a nossa tara
E aquela paixão que era tão rara
Apodreceu

E hoje vejo:
Vivi um amor
Que era só meu


DESILUSÃO

deixar a ilusão
evaporar, pluft
estourar no ar
quando menos
se espera

parece pesada
a dor de sofrer
por desamor
mas é leve
quando se segue
em frente
não mais acreditando
naquele que mente



À BEIRA

Corpo cansado à “beira-amar”
Olhos molhados de sal
Sol a queimar

Ela mergulhou naquele olhar
E saiu seca do fogo
Do jogo, do adeus
Que não queria dar
Mas deu


NOSSO MAR

Vem, me toca
Se enrosca
E bota
Sua boca
Enfim

Me pega
Me esfrega
Me rega
Até o fim

Este mar
Assim
Abre espaço
Pra você entrar
Todinho
Gostoso
Profundo
No fundo
Lá dentro
De mim


SÓ ELE

Só ele merece a ternura de me ter nua
De meter e me ter sua
Em lua cheia

Só ele me incendeia
O corpo e a mente
Só a gente faz sentido
Para minha libido

É muito mais do que… Continue lendo


É MUITO MAIS DO QUE ISSO

Não é a estética, detalhe
Mero entalhe na madeira
É a centelha no corpo
Luz forte que surge do choque
entre dois corpos eletrizados
Como bem disse o dicionário

É o fogo que nasce dentro
Traduzindo na pele o pensamento… Continue lendo



DOIS INTEIROS

Não há cara-metade que me complete
Sou um ser inteiro
O amor verdadeiro
É de duas pessoas que se transbordam

As águas que saem de mim rumo a ele
Não vêm só do rio que me alaga de prazer naquela… Continue lendo


QUANDO FOI?

Será que é da idade
misturar a saudade
com o cansaço?

Disfarçar a vontade
com o descaso
e ficar de caso
com o espaço
em branco,
neutro,
cheio de vazio?

Será que é da vida
há muito tempo vivida
ficar… Continue lendo


COMO DIZER?

Quero lamber estrelas
No céu da tua boca
Ler teu corpo em braile
Desembocar meu rio
No teu mar

Não há metáforas suficientes
Que caibam
no meu amar


SEM PALAVRAS

Seu olhar esfrega meu corpo
de um jeito tão louco
que dizer que ele te entrega é pouco.

Nossa mente tenta,
mas só nossa pele consegue.
Não há desculpa que me carregue
para longe de você.
E você sabe:
não preciso te dizer.


CÓRREGO

Este córrego que corre
Dentro de mim
Toda vez que você me olha
Me molha sim,
Fazendo curvas sem fim
Antes de desembocar no mar.

É o facho do desejo,
Riacho que não vejo,
Mas sinto.
É manifestação da natureza,… Continue lendo


CABIMENTO

Meu armário tá lotado de coisas sem uso,
Enquanto abuso de sentimentos confusos.

Decidi liberar os cabides do que não mais me cabe,
Mesmo que eu desabe de saudade.
Por maior que seja a vontade de voltar a caber neste… Continue lendo


TRANSAR TRANSBORDA

A bordo do desejo
Me vejo no espelho
Meu corpo é amor
É puro vermelho
De sangue que pulsa
Na veia aberta da paixão

Transitando entre o sim e o não
Sou toda tesão de vida
De vontade dolorida
De… Continue lendo


EU NÃO SABIA

Não perdi ninguém
Me perdi tentando ter
Quem nunca foi meu

Não fui trocada
Troquei meu lugar ao lado dele
Pelo vão em frente ao espelho

Abri espaço para quem era melhor pra ele
Porque eu precisava ficar só
Para… Continue lendo


Categorias