O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Mariana Valle (Amor & Sexo)

Realidade ou ficção

Esta é a dúvida que ronda a cabeça daqueles que lêem os textos eróticos de Mariana.

Não importa.

Há sempre um pouco de ficção no pão nosso de cada dia e um tantinho de realidade na ficção.

Ou não?

Mais importante do que o que se escreve, é a interpretação de quem lê.

Páginas da escritora:

https://www.instagram.com/marianavalle

https://www.facebook.com/marianavalleescritora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

SE TOCA

não me toque
não te dei o token
para desbloquear o seu acesso

a tela da minha pele
não habilita o touch
pra qualquer mera digital






AH! MAR…

Quero me perder no seu olhar
Submergir em você
E me afogar
Fogo e ar
Nestas águas
Turbulentas
Da paixão
Que me pegou
Ao te encontrar

Não sei onde termino eu
E começa você
Nem o que é verdade
Ou… Continue lendo


AMOR MADURO

Escrito a pedido do sogrão, inspirada no meu amor pelo filho dele.

Amor maduro não tem idade
Acontece depois que a vaidade vai embora
Quando o orgulho não chora
E nos deixa simplesmente fluir
Num constante ir e vir
De… Continue lendo


EXCEÇÃO

Exceção a quase regra
Os exs que são sãos
Na hora que o amor se desintegra
Não brigam não

Aceitam a fase de entrega
A um sofrimento que não é vão
Que vem e nos carrega
Pra uma espécie de… Continue lendo


VIAGEM SEM VOLTA

o amor é uma viagem
apenas de ida
não adianta fugir
não tem saída
e sempre fica uma dor
na hora da despedida


AQUÁRIO

mergulhei no teu aquário
pensando que era mar
bati a cabeça no vidro
fiquei sem ar

coração encharcado
em cacos espalhados
sem chão
sem pulsar


APODRECEU

O rastro do gosto gasto
Da tua saliva
Era memória viva e morreu

A sua cara, a nossa tara
E aquela paixão que era tão rara
Apodreceu

E hoje vejo:
Vivi um amor
Que era só meu


DESILUSÃO

deixar a ilusão
evaporar, pluft
estourar no ar
quando menos
se espera

parece pesada
a dor de sofrer
por desamor
mas é leve
quando se segue
em frente
não mais acreditando
naquele que mente



À BEIRA

Corpo cansado à “beira-amar”
Olhos molhados de sal
Sol a queimar

Ela mergulhou naquele olhar
E saiu seca do fogo
Do jogo, do adeus
Que não queria dar
Mas deu


NOSSO MAR

Vem, me toca
Se enrosca
E bota
Sua boca
Enfim

Me pega
Me esfrega
Me rega
Até o fim

Este mar
Assim
Abre espaço
Pra você entrar
Todinho
Gostoso
Profundo
No fundo
Lá dentro
De mim


SÓ ELE

Só ele merece a ternura de me ter nua
De meter e me ter sua
Em lua cheia

Só ele me incendeia
O corpo e a mente
Só a gente faz sentido
Para minha libido

É muito mais do que… Continue lendo


É MUITO MAIS DO QUE ISSO

Não é a estética, detalhe
Mero entalhe na madeira
É a centelha no corpo
Luz forte que surge do choque
entre dois corpos eletrizados
Como bem disse o dicionário

É o fogo que nasce dentro
Traduzindo na pele o pensamento… Continue lendo



DOIS INTEIROS

Não há cara-metade que me complete
Sou um ser inteiro
O amor verdadeiro
É de duas pessoas que se transbordam

As águas que saem de mim rumo a ele
Não vêm só do rio que me alaga de prazer naquela… Continue lendo


QUANDO FOI?

Será que é da idade
misturar a saudade
com o cansaço?

Disfarçar a vontade
com o descaso
e ficar de caso
com o espaço
em branco,
neutro,
cheio de vazio?

Será que é da vida
há muito tempo vivida
ficar… Continue lendo


Antonio Carlos Gaio
Categorias