O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
abril 2021
D S T Q Q S S
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Mariana Valle (Tudo)

Quando criança, leitora: memória repleta de histórias.

Quando adulta, escritora: histórias repletas de memórias.

Poeta, Mariana Valle atua como jornalista, publicitária, roteirista, compositora e escritora de contos, crônicas e artigos. Seus assuntos? A vida, seus encontros e desencontros, sempre de um ponto de vista muito íntimo.

Em dezembro de 2008, lançou o livro “SORRIA, VOCÊ ESTÁ NA BARRA e outras histórias”, pela Editora Multifoco, e, em dezembro de 2012, lançou o livro de Poesia, “PURO INSTINTO” (Editora Sapere).

Páginas da escritora:

https://www.instagram.com/marianavalle

https://www.facebook.com/marianavalleescritora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

COMO VAI VOCÊ?

Ainda estou aqui
Mesmo que pareça que sumi
Sobrevivi e vou vivendo
Vendo menos do que não gosto

Nem tudo eu posto
Nem tanto leio
Porque hoje creio
Que devo fazer o que me faz bem

Imagino que você também… Continue lendo


ALMA PENSA?

(para Sérgio Gramático Júnior)

Quando a alma deseja
E a cabeça não pensa igual,
Quem será que ganha
No final?

É disputa entre razão e emoção?
Sanidade e loucura?
Ou será que a cura
Está na fusão de tudo isso?… Continue lendo


BURRICE MATA

“Abstrai e se faz de louco que é melhor.”
E quando se calar dá um sufoco,
Traz pra gente um soco
Na boca do estômago
E fere o mais profundo
Âmago do nosso ser?

Eu não sei você,
Mas acho… Continue lendo


VAMOS VER O VAR

Eu sei que quem está na pista
Tem muita curva para atravessar
Mas é que neste país,
Que se assumiu fascista,
Está difícil desacelerar.

A incredulidade com o absurdo,
A impressão de que estão surdos
E que o meu poema… Continue lendo


PARA BAUDELAIRE

é preciso embriaguez
de luz e lucidez
viagem na verdade
sentindo tudo
de uma vez

não vale o talvez
e sim o sim
sim sempre
até o fim
naturalmente

embriaguez
do que não te tire
de ti, de dentro
de… Continue lendo


CARICATURA

(Inspirada em texto de Tatiana Vidal)

“Ser normal é fácil”
Basta seguir a boiada,
Repetir padrões
E não criar nada.

Pra que pensar
Se imitar cansa menos?
Será mesmo?
Eu digo que não.

Quando no seu coração
Há uma espécie… Continue lendo


UMA ESPÉCIE DE PSICOGRAFIA

há horas em que nenhuma palavra conforta
e o que importa é a presença
não há quem possa
apagar a saudade e a ausência

mas eu desejo e tenho fé
que você vença mais essa batalha
guerreira você já é… Continue lendo


REPRESSÃO

(inspirada em verso de Sérgio Pietroluongo)

“O eu reprimido nunca desaparece”
Apenas se esconde, nos recônditos da alma,
E quando a verdade nos testa,
Ele se manifesta e vai longe
Onde não sabíamos nem que existia.

Ser apenas o que… Continue lendo


CORAGEM

O que é coragem para você?
Muita gente não vai entender
Mas pra mim tem coragem quem ama,
Quem levanta da cama disposto a amar
Não só aquela moça bonita,
O carinha na fita,
A mãe, o pai e os… Continue lendo


OBSCENIDADE

Obsceno é este governo
Que se veste de homens de bem
E investe em tudo
Que não nos faz bem

Obsceno é o aceno
A ditadura
Veneno anticura
Florestas queimando

Obsceno é o racismo
Que ainda impera
Em todas as… Continue lendo


VIA DUPLA

vi a óbvia via de mão dupla
havia vil azia
fazia mal sem pedir desculpa

sórdida vida ferida
em carne viva

eu via, mas não agia
quem nunca?

Quem nunca alimentou uma relação de Codependência, ou vive numa e não… Continue lendo


O MELHOR DO PIOR

2020 foi um ano difícil
Pro mundo todo
O meu compromisso
Durante este tempo
Que passou o rodo
Foi aprender a praticar
Ser meu próprio lugar

Enquanto eu tiver ar
Para respirar
Não posso me permitir
Me afogar no mar… Continue lendo


BAGUNÇA

Organize a bagunça de dentro antes de botar pra fora os seus lamentos.
Quem nunca despejou seu lixo interno nos outros? A gente faz isso o tempo todo, quando não pensa. E é justamente por esta razão que às vezes… Continue lendo


UNI VERSO

o uni verso
que nos une
vê só
é que ninguém é imune
e tudo que a gente assume
se conecta em nós

mesmo a sós
nos embolamos em nós
amarrados que vivemos
neste plano que ultrapassa
o terreno

melhor… Continue lendo


COM TATO

Nesta pandemia de agonia
Nunca vivida antes,
Quando um simples contato
De saliva errante
Pode fazer de você
Um viraliza(dor)
De doença ambulante,
Fica uma reflexão no ar
Como gotículas a pingar:

Quando você faz contato,
Mesmo que abstrato e… Continue lendo


OCUP(AÇÃO)

Há revolta em mim?
Volta e meia sim.
São tantos os motivos
Deste país ferido
Deste mundo perdido
Que não vou nem nomear.
Não é disso que quero falar.

O que preciso dizer
É que tanto eu como você
Devemos… Continue lendo


MONSTROS S.A.

Sabe o monstro debaixo da cama?
Ou o Monstros S.A.
Que sai do armário para nos assustar?
Se liga na metáfora no ar:

Quando dormimos,
Nosso inconsciente acorda
E é aí que damos corda
Sem nos aperceber
Ao que tanto… Continue lendo


PRESOS NA REDE

As presas dos algoritmos
Entram num ritmo
Que é de matar
O tempo
Em atropelamento
Esperando curtidas
Querendo engajar

Expectativa é o que há
Esperança viva
De deslanchar
Ser famoso

Querem vender
Produto, imagem
Serviço, sacanagem

Ou será que é… Continue lendo


SEM IMUNIDADE

“Não abro mão da minha autoridade”,
O presidente Bolsonaro diz.
Só que ele nunca lembra
Que não é dono do país.

Não pode brincar
Com a saúde do povo,
Ferido pelo seu ego de cruz credo,
Só porque seu inimigo… Continue lendo


SER POLÍTICO HOJE

Ser político hoje virou ser mítico,
Atípico humano fora do normal.
Ser criado pelos algoritmos
Da mídia social.

Os eleitores são e-leitores,
Leem sob a luz da tela, artificial.
Quando leem afinal.
Preferem as fotos e memes.
Mal leem as… Continue lendo


Categorias