O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Arquivo
Arquivo
setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Mariana Valle (Tudo)

Quando criança, leitora: memória repleta de histórias.

Quando adulta, escritora: histórias repletas de memórias.

 Poeta, Mariana Valle atua como jornalista, publicitária, roteirista, compositora e escritora de contos, crônicas e artigos. Seus assuntos? A vida, seus encontros e desencontros, sempre de um ponto de vista muito íntimo.

Em dezembro de 2008, lançou o livro “SORRIA, VOCÊ ESTÁ NA BARRA e outras histórias”, pela Editora Multifoco, e, em dezembro de 2012, lançou o livro de Poesia, “PURO INSTINTO” (Editora Sapere).

Página da escritora: http://www.facebook.com/marianavalleescritora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

ESPELHO DA VERDADE

As pessoas deveriam se olhar no espelho
Não para saberem se estão bonitas
Mas para verem se estão felizes
Se são livres
E suas lives, suas stories
Deveriam servir não para seus seguidores
E sim para seguirem seus próprios rastros… Continue lendo


A MALDADE NÃO PODE GANHAR

Não cultive raiva de ninguém
Quem faz o mal é produto
Da raiva de outro alguém
Se você passou esse sentimento adiante
E se vingou de quem te magoou antes
Ele não teve o que mereceu
Nem você ganhou de… Continue lendo


NÃO É POR ACASO

Confesse seus pecados
Para ilustrar seu aprendizado
Não tenha medo de se expor
Através da arte
Faz parte
O dom vem de graça
E te cobra raça em troca
Toma lá, dá cá
Pode publicar
Se o que você escreve… Continue lendo


AS HORAS DO DIA

Por um momento
Você me deixou meio tonta
Assim de raiva.
Em mim, um ai, vai!
Quem nunca cai
Nessa armadilha?
Mas essa dor é filha.
Sou eu quem educo!
Eu que alimento
Como e onde eu quiser.
Porque não… Continue lendo


OLHE PRA DENTRO

Olhe pra dentro e pense:
O que vem de fora
Não te pertence.
Sinta sua energia fluir
Deixe ela ir
Onde você quer.
Não pegue uma carona qualquer.
Seu destino depende de seus pés
E eles são guiados pela sua… Continue lendo


OS FANTASMAS

Os fantasmas que me assombram
Estão vivos dentro de mim
Tipo aquela sombra no fim
De todo arrependimento
Eu falo com eles
Pelo menos tento
Mas eles têm vontade própria
Não desencarnaram do meu corpo

Os fantasmas estrangeiros
Não ficam… Continue lendo


A VIDA PASSA MUITO RÁPIDO

E foi tanto trabalho,
Estresse, cansaço,
Excesso de rotina,
Que as imagens nas retinas
Ficaram restritas, opacas.

Foi tanta exposição no passado
E suas consequências,

Tanto espanto ao ver
Egos inflamados,
Brigas, maledicências,
Tanta futilidade na rede
Que me vi… Continue lendo


IMPOTÊNCIA

Queria ser anjo sem asas
Pra quem me deu a vida,
Comida, princípios, casa.
Ser super-herói
Como achava que ele era
E foi tantos dias.
Queria exercer toda a magia
Que seu simples carinho,
Ouvido e conselho faziam sempre
Que… Continue lendo


ESPANTO

A poesia nasce

Em face

Do meu espanto.

O poema já vem pronto

Junto com o pranto.

Enquanto que no encanto

Encontro versos dispersos,

Submersos e tontos de tanto.

Para poetizar basta um ponto

De partida: a vida.


EU QUE FIZ

 

A paz é um lugar dentro de mim

Independente do lado de fora.

É um agora eterno e terno,

Interno e feliz

Que fui eu que fiz.


DIAMANTES

Obviedades não me interessam

Mas é óbvio que nada mais me estressa

Como antes

E todos os diamantes

Agora lapidados

Ainda brilham

Mas não me ofuscam

E nessa busca incessante

De aprendizados insistentes

Cheguei até aqui

E ainda tenho muito

A seguir


SORRISO

Um sorriso puxa o outro

O corpo relaxa

E escapa

Da dor

Não há nada melhor

Do que o bom humor


NÃO INVEJE

Não inveje a bela em seu poderoso salto-alto.
Apenas lembre-se que ela não chegou ali num salto.
Foi uma longa caminhada, de pés descalços,
Que a fez chegar ali, linda e ruiva, e saber se manter, no alto.

Ao invés… Continue lendo


PARECE MENTIRA, MAS NÃO É

E eu que vivia fugindo de mim
Enterrando meus desejos
Em desculpas chinfrins
Me achei onde sempre estive
Mas como quem vive pela primeira vez
Sua própria vida de verdade
Parece mentira, mas não é
A gente troca as mãos… Continue lendo


CONTRAVERSO

Há controvérsia?
Eu contraverso.
Verso contra e a favor
mas versar contra também é amor.
Não é porque é avesso
que esqueço a frente do verso.
Ver só qualidades é ingenuidade.
Ingênua idade em que eu acreditava
que só amava… Continue lendo


SUA AVÓ

De grão em grão
A galinha se enche
Do papo repetitivo
Porque hoje é sexta-feira
De novo.
O ovo veio antes
Ou depois da galinha?
Pra que me interessa
Saber isso?
Não tenho compromisso
Com nada.
Ops! Só com meu… Continue lendo


VALORES

Quanto mais você dá valor às coisas positivas, maiores elas ficam. Quanto mais importância se dá às coisas negativas, mais elas crescem. Não se trata de ser boba alegre. Pelo contrário! É uma questão de esperteza. Por que ressaltar a… Continue lendo


DESTINY

What comes first
the body or dust?
The egg or chicken?
I don’t know, but I feel
everything written on wind
that carries our lives
through a pre-settled flight

and we can only choose
how and in which rhythm
we’ll move.


ALGUNS DIAS NA UPA

Acabo de voltar de uma experiência como acompanhante de uma pessoa muito importante pra mim e que quase morreu quando se internou por alguns dias na UPA. Mesmo com ele quase perdendo o ar e parando de respirar, ainda era… Continue lendo


FACEBOOK

Interpretação de texto
A gente não vê por aqui
Tudo é pretexto
Pra realizar o desejo
De falar sem pensar
E ignorar o que está por vir
E não se trata só
De não analisar as consequências
Do que se… Continue lendo


Categorias
Crônicas agrupadas por ano