O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Arquivo
Arquivo
agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

NÃO HÁ DEPUTADO QUE SEJA MACHO PARA DETER A IRRESISTÍVEL VOCAÇÃO DO BRASIL PARA PARAÍSO SEXUAL

A conclusão que se tira do kit anti-homofobia: o Brasil ainda não está preparado para conviver com as diferenças de opções sexuais. Como se a mais sagrada das famílias estivesse blindada contra o homossexualismo ou o contágio da AIDS através de uma “soninha” toda pura. Se até no seio da Igreja Católica Apostólica Romana varou uma onda pedófila durante décadas, que se agravou pela censura e acobertamento. Garotinho e outros parlamentares, julgando-se imunes aos pecados do sexo e em nome de suas religiões, comandam a cruzada moral contra a pouca vergonha que campeia no mundo bonito por Natureza – quem pode atirar a primeira pedra com uma ninhada de 9 filhos? Veja o caso do jogador Edmundo, conhecido como o Animal! Mas não, preferimos ficar presos ao conceito tatibitate de que menino que brinca de boneca e de casinha é mulherzinha e que mulheres que saem no tapa ou dirigem jamantas são sapatões. Carimba-se de gay o garoto mais sensível e, de lésbica, a dura na queda. É proibido sentir desconforto com o seu órgão sexual: nasceu assim, tem que se conformar e arcar com o seu carma, deprimido e irrealizado! Ai do adolescente que manifestar desejo de assistir ao filme “Brokeback Mountain”! Não importa o horror que os bolsonaros da vida devotam ao gay, lésbica, bissexual, travesti e transexual, se sua pedagogia só encontra eco em mentes que educam na base da repressão e da intimidação, sem se interessar pelas peculiaridades da alma de seus iguais em carne e osso. Quando, em sociedades democráticas, o amor é a mais autêntica liberdade de expressão e o exercê-lo por uma opção sexual, a mais corajosa liberdade de opinião. Apesar de o Brasil ser conhecido como o paraíso sexual pelo espírito de liberdade evocado de suas praias e o Rio de Janeiro como uma das cidades que melhor recebe os gays no mundo, ainda não atingimos a maioridade na mentalidade ao optarmos por nos calar e, em consequência, nos tornarmos cúmplices de atentados homofóbicos. Quem disse que esses deputados machinhos estão preocupados em preservar a família, se votaram contra a Natureza e em favor dos que desmatam florestas, beira de rio e encosta de morro? Em nome de que espécie de moralidade, se barganharam a integridade de Palocci mediante o engavetamento do kit anti-homofobia?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias