O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

O VÍDEO FLAGROU A MISÉRIA MORAL DE BOLSONARO E SEU MINISTÉRIO

“Eu não posso ser surpreendido com notícias, a PF não me passa informações.” Ficou clara a interferência de Bolsonaro na troca de cargos chaves da Polícia Federal para frear inquéritos e proteger sua família e seus amigos através da prova do vídeo e declarações do próprio Bolsonaro, após o pedido de demissão de Moro. Não adianta mais encobrir, salvo se o procurador Aras quiser engavetar. Na verdade, Bolsonaro sente falta de um SNI da ditadura militar, de informações privilegiadas para proteger as falcatruas suas e de seus filhos em coligação com os milicianos, e ser processado ou mesmo mandado para a cadeia, sem antes ser notificado, receber aviso prévio ou mesmo informado para se prevenir – como se fosse seu direito líquido e certo. Entre dezenas de palavrões, linguajar chulo e inaceitável grosseria na reunião de ministros, a demonstrar como Bolsonaro lidera seus subordinados com a cultura ainda entranhada de um capitão expulso pelo Exército e, o que é pior, com a conivência dos militares ao seu redor que, em nenhum momento, o desautorizam ou atuam como poder moderador. A defender o armamento da população e que cada um procure sua arena de luta: “como é fácil impor uma ditadura no Brasil!”. Não se ouviu uma palavra sobre a pandemia mesmo porque estamos à deriva no meio de uma tragédia com governadores e prefeitos em desespero sem qualquer orientação central, e sob a ameaça de prisão decretada pela ministra Damares (da Mulher e da Família). Ódio, ódio, ódio reiterados pelo ministro Weintraub (Educação), quando se particulariza o povo indígena, e pelos juízes do Supremo, chamados de vagabundos, e que botaria na cadeia, não entendendo o porquê de tantos processos recaindo sobre sua cabeça nazista. Contudo, oportunidade de ouro para o ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente) usar a morte das vítimas do coronavírus, quando as atenções da imprensa estão exclusivamente voltadas para a Covid-19, e passar a boiada aprovando regras e normas que destruam o meio ambiente, facilitando a vida dos desmatadores e garimpeiros. A única satisfação que se pode tirar é que o circo mambembe de Bolsonaro cava sua sepultura a olhos vistos, tanto que já está comprando o voto do Centrão para barrar o impeachment, distribuindo cargos e verbas para sua confraria no Congresso administrar e roubar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias