O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

WESTERN À MILANESA

O Supremo Tribunal Federal inocentou Collor com o argumento de que faltava um ato de ofício que comprovasse sua formal e efetiva participação no esquema PC.
Marco Aurélio Mello, ministro do Supremo nomeado pelo primo Collor, considerou desnecessária a prisão preventiva do ex-banqueiro Cacciola após 37 dias de carceragem, desconsiderando a escuta telefônica em que Salvatore intimida procuradores em virtude do grampo ter ferido o espírito da lei e considerando a fuga para a Itália um risco que existe em todos os negócios que envolvam capital volátil.
Não se sabe se a mídia julgou não ser notícia para manchete ou se o prefeito de São Paulo deixou passar em brancas nuvens a comemoração pela vitória retumbante no impeachment, afinal de contas, o fim da imunidade inicia no Ano Novo, ou se Collor impichado concorre a seu cargo, contra o seu ex-superxerife Tuma, o fiel da cassação do ex-senador Estevão, avalista da Operação Uruguai que financiou a campanha do Collor e que jurou não queimar sozinho na fogueira, a fim de não de dar esse gostinho ao evangélico Paulo Octávio da comunidade Sara Nossa Terra, deputado collorido que agora conclama por castigos que convertam em pó pecados, pecadilhos e vacilos.
Ufa!
A falsidade ideológica de Jair Coelho em vender quentinhas, seja quem for o governo eleito no Rio de Janeiro, remeteu-o ao xadrez e a provar de seu próprio remédio na companhia de outros 12 detentos. Como não tem curso superior, irá saborear da mesma comida que fornece aos presídios. Apenas deve ser tomado o cuidado de não encarcerá-lo junto a presos de alta periculosidade que não iriam perdoar-lhe o bife à milanesa engordurado e o copo de leite. Contudo, o desembargador Cláudio Tavares de Oliveira relaxou a prisão em atenção à grave crise que iria acarretar na entrega de quentinhas à população carcerária, estimada em 22.000 come-e-dorme. O meritíssimo duvida de nossa capacidade empresarial – provavelmente outro obsessivo em prol da eficiência estrangeira -, um negócio feijão-com-arroz como esse qualquer comunidade da Mangueira monta com os pés nas costas.
Os Estados Unidos ficaram com pena do Brasil ao incluir seu primeiro cidadão no corredor da morte. Optaram por deixá-lo na prisão por toda a vida baseado na tese de que o espírito maligno se apossou dele e assassinou os avós de sua esposa. 
Esquizofrenia à parte, uma menina de 4 anos casa-se na Índia com um cachorro a conselho de um astrólogo que garantiu ao pai da noiva que o enlace a livraria da influência maligna de Saturno.
Provavelmente pensam que vivemos em estado vegetativo, coração e respiração na mesma batida, de olhos abertos e compreendendo tudo à nossa volta, apenas não conseguindo se comunicar nem esboçar uma reação à altura de nossa inteligência.
Há quem condene o otimismo inveterado, o patriotismo exacerbado e a fé demasiada na esperança por grassarem situações como essas que a Promotoria Pública relatou acima. Os pessimistas de plantão desconhecem a mais jovem meritíssima do país, a superdotada carioca Luciana Leal, de 21 anos, que curte a toga preta e não teme condenar.
Existe até beco com saída para homossexual sujeito a colostomia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias