O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
dezembro 2021
D S T Q Q S S
« nov    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Mariana Valle

COLHER DE CHÁ

Encolher pra ver se cabe na colher de café,
No Tik-Tok, ou no TOC dos outros.
Transtorno Obsessivo Compulsivo por poucas palavras.

Em briga de marido e mulher ninguém mete a colher
Mas a mulher tem que dar uma colher… Continue lendo

CÓRREGO

Este córrego que corre
Dentro de mim
Toda vez que você me olha
Me molha sim,
Fazendo curvas sem fim
Antes de desembocar no mar.

É o facho do desejo,
Riacho que não vejo,
Mas sinto.
É manifestação da natureza,… Continue lendo

CABIMENTO

Meu armário tá lotado de coisas sem uso,
Enquanto abuso de sentimentos confusos.

Decidi liberar os cabides do que não mais me cabe,
Mesmo que eu desabe de saudade.
Por maior que seja a vontade de voltar a caber neste… Continue lendo

QUANDO VOCÊ FOR MÃE

A família é sagrada sim
Mas ser filha não é um fim
É um meio
Tem muito mais além
Do recheio

Cada ser é um mundo
De contradições e sofrimentos profundos
E às vezes o amor é torto
Por maior… Continue lendo

A MALA DO PASSADO

Eu antes carregava a mala do passado pra tudo que é lado. Era tão pesado o fardo que até me machuquei. Lesão por esforço repetitivo.
Foi então que despertei. Resolvi destrancar a bagagem e tirar tudo dali de dentro. Fui… Continue lendo

TRANSAR TRANSBORDA

A bordo do desejo
Me vejo no espelho
Meu corpo é amor
É puro vermelho
De sangue que pulsa
Na veia aberta da paixão

Transitando entre o sim e o não
Sou toda tesão de vida
De vontade dolorida
De… Continue lendo

EU NÃO SABIA

Não perdi ninguém
Me perdi tentando ter
Quem nunca foi meu

Não fui trocada
Troquei meu lugar ao lado dele
Pelo vão em frente ao espelho

Abri espaço para quem era melhor pra ele
Porque eu precisava ficar só
Para… Continue lendo

EU NÃO ME ACOMODEI

Eu não me acomodei
Apenas acreditei
No que tinham me ensinado

E justo quando tudo deu errado
Comecei a aprender
A ser feliz
Sem seguir o que por aí se diz

Foi quando separei
Que finalmente acordei
Teve dor, é… Continue lendo

COM AFETO PARA O DESAFETO

“Ela não gosta de mim.” Talvez ela tivesse tentado (por causa da obrigatória convivência), talvez até tivesse gostado em algum momento. Coisa que o vento dos desentendimentos manchou.

O que eu gostaria de dizer para esse não amor é… Continue lendo

REMÉDIO

remoendo pensamentos
cato os remendos
dos ventos
que passaram por mim
que não têm remédio
nem fim
e sempre me deixam assim: insone

o que me consome tem nome e sobrenome
e precisa de poesia
ela me sacia quando tudo… Continue lendo

DEGUSTAÇÃO A DOIS

Ter você por perto
Me lembra de deixar
O caminho aberto
Para os pequenos
grandes prazeres do dia

Em sua companhia
Degusto o tempo
Sigo seu exemplo
E ressignifico tudo
Dentro de mim

Quero viver assim
Até o fim
Quer… Continue lendo

MUNDO BOLA

Se o mundo é uma bola, eu quero jogar
Mas não posso chutar
Não quero fazer gol
Eu tô na bola
Que roda e rola
Dentro e fora de mim
Tento não ficar tonta
São dimensões sem fim

Bolas fora,… Continue lendo

HAJA LICENÇA!

TUDOCom licença que eu vou falar:
se o governo tem “licença pra gastar” e “furar o teto”
e este decreto não é nada esperto, nem discreto,
digo que haja licença, já que desde antes da presidência
o Sr Bozo chamou… Continue lendo

BOM USO

Meu amor por você começou confuso:
paixão, insegurança, ciúme, decepção.

Foi tanto o abuso
– surtos e curtos-circuitos inclusos –
que virou difuso:

Poesia viralizando todo dia,
rimas em profusão.

(Mariana Valle – escrito para o desafio de escrita WordTober.br… Continue lendo

O ATO

a unha de leve
beirando o arrepio
na pele nua
a minha boca na sua
nossas respirações sincronizadas

os músculos relaxados
prontos para a mudança brusca
de força e ritmo
movimentos acelerados no íntimo
por dentro

rio alagado descendo
a… Continue lendo

A MORTE

a vida acaba
mas não tem fim
como a saudade dentro de mim

o corpo se vai
mas tudo o mais fica
aqui dentro
e em outra dimensão

e eu espero te rever
numa próxima missão

THIS IS US

Então é isso:
quando adultos
voltamos ao início,
ao elo perdido da infância,

ao começo de tudo
quando ainda havia esperança
no nosso mundo
e alguém fez o favor
de a destruir.

Se hoje pegamo-nos
neste ciclo vicioso
repetindo tudo… Continue lendo

O POEMA QUE NÃO ESCREVI

(inspirado em poema de Marina Gutman Tosta Paranhos)

Cadê o poema que compus na mente?
Aquele que comecei no banho.
Foi embora com o rebanho
dos deveres do dia?

Aonde foi parar a agonia
que não rimei?
Virou enxaqueca
antes… Continue lendo

O VERSO QUE NÃO ESCREVI

Cadê o poema que compus na mente?
Aquele que comecei no banho.
Foi embora com o rebanho
dos deveres do dia?

Aonde foi parar a agonia
que não rimei?
Virou enxaqueca
antes que me esqueça
da dor que já não… Continue lendo

INSTAGOD

O algoritmo é ateu
ou há algo no ritmo
de Deus?

ACASO PENSADO

não é por acaso que me caso
com João e não com José
e nem que cheguei aqui
e você aí e não lá

tampouco é descaso da justiça divina
essa sua tal sina diversa da minha
ela te ensina… Continue lendo

O TEMPO DO CELULAR

refém do tempo do celular
que está lento, quase a parar,
aplico minha energia nos aplicativos
e sobrevivo
me recarregando o tempo todo

são muitos apps pra pouco espaço
só o WhatsApp já dá cansaço
e a bateria se desmancha… Continue lendo

QUANDO ELES VÃO VER?

o tal do mítico é bem político
na pior concepção do termo
e mesmo estando tudo na cara
ainda tem gente que não vê

se dizia o único não corrupto
e hoje tá puto porque estão vendo
que era só… Continue lendo

RENDA-SE!

Rasgue minha renda
E me surpreenda
Com teu fogo.

Eu te rogo,
Eu me implodo,
Eu me jogo
No teu corpo louco, oca,
Querendo me preencher
Todinha de você.

MISSÃO

não sei conter em mim
o conteúdo que vem assim pra dentro
e sai, praticamente cai pra fora
em certos contextos, indo à forra com textos
na forma de poesia em cachoeira

é muita andança pra pouca via
então escrevo… Continue lendo

MILITAR

Antes, militar era do exército
de gigantes, armas e tanques.
Hoje também é verbo:
eu milito, tu militas,
somos todos militantes
e estamos em número grande
contra os ignorantes.

Não é porque eles são bélicos
armados até os dentes
que… Continue lendo

INSPIRAÇÃO

fui ler poesia
quem sabe me inspiraria
e ela realmente me lembrou
como era bom rimar
quando não tinha seu amor
a alegria é linda
mas para escrever
a tristeza é mais bem-vinda

MANUAL POÉTICO FEMINISTA

Feito à mão,
impreciso, porém vivo,
e metamorfose ambulante,
este poema é melhor
do que aquele que escrevi antes.

Esta quem vos fala
tem sim lugar de fala,
por ser uma mulher
que hoje sabe o que quer,
mas nem… Continue lendo

O AMOR QUE NÃO VINGOU

A paixão que não virou amor
Ficou fadada à saudade
À tristeza
Ou à raiva e decepção
Não tenho certeza

Cada caso é um caso
E nada é por acaso
Nestas idas e vindas

Só sei que ainda
Lembro como… Continue lendo

EMPATIA

Aqui do meu universo particular
Sinto que há para além do meu lar
Um tantinho de empatia e aconchego

Às vezes duvido, não nego
Mas carrego comigo
A capacidade de atrair o que é bom

Talvez seja uma decisão
Depois… Continue lendo

DECLARAÇÃO

não sabia como dizer
mas disse
e não valeria nada ter feito
se você não ouvisse

os olhos ouvem muito melhor
do que os ouvidos

VERSOS NA BOCA

Às vezes, é preciso guardar
os versos na boca,
saborear em segredo as rimas,
para que elas deixem de ser meninas
e virem mulher.

Para que virem prosa, por que não?
E não falo só de poesia não…

FAZER O BEM

Você não precisa dizer
que faz o bem
se só fazer te traz paz.
e você quer fazer bem a alguém,
ele não precisa saber
que é você quem faz.

Você faz bem a outro alguém
apenas pelo alheio bem… Continue lendo

DESTROÇOS

meu corpo não é objeto
nem muito menos porta-dejetos
pra você jogar seu lixo
minha pele segue o fluxo
do luxo que é ser eu

se você me percebeu
com sua visão limitada
e resolveu me dizer
cuidado com o… Continue lendo

A MULHER DE HOJE

não se conforma
se informa
e sai da fôrma
da norma
faz a vida da sua forma
e não como esperam
que ela faça

a mulher atual
se transforma
todo dia um pouco
não quer mais seu corpo
vivendo o… Continue lendo

CENSURA

Enquanto nossas línguas
Dedilham corpos e mentes quentes
Com a força da palavra e do amor
Ela faz cara de horror
Com inveja
E despeja
À míngua
O fel

Ela só vê inferno
No nosso céu
Não sabe
Não cabe… Continue lendo

SIM

não é não
mas pra você
sou toda sim

só você
me deixa assim
sem fala
sem nexo
boca na língua
tua pele em convexo

palmas em saliva
toque frenético
de você quero sempre mais
e de novo
e nessa… Continue lendo

TUDO MUDOU

a luz da tela
insistente
faz correrem
sob os olhos
da gente
as notícias
as fotos
os memes

a janela
à nossa frente
nos permite
observar
mas também
curtir
tecer comentários
compartilhar

#tudomudou

eunaoconsigomeacostumar.com

Categorias