O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

CAPÍTULO XCVIII – AOS QUE NADA CREEM OU DUVIDAM

O Espiritismo primordialmente se dirige àqueles que em nada creem ou mesmo duvidam, fornecendo provas patentes da existência da alma e da vida futura, segundo Allan Kardec no livro “O que é o Espiritismo”. Tem por fim combater o número grande de incrédulos e suas funestas consequências, não se impondo a pessoa alguma, nem lhe cabendo forçar nenhuma convicção, de modo que cada um possa formar opinião com conhecimento de causa. A seus olhos, toda crença é respeitável, desde que seja sincera e não permita ao homem fazer mal ao próximo, nem tenta violentar a consciência dos outros ou se transformar em instrumento de perseguição.
A nonagésima oitava intervenção espiritual, em 28 de fevereiro de 2020, se iniciou com cânticos no intuito de abrir caminho para os espíritos curadores, prosseguindo com a leitura e comentários sobre o item 10 (“O homem no mundo”) do capítulo 17 (“Sede perfeitos”) do livro de Allan Kardec, “O Evangelho segundo o Espiritismo”.
O homem não é do mundo, estamos no mundo, de passagem. Essa é a questão a ser encarada na nossa existência.
Se sois obrigados a entrar em contato com homens cujos espíritos são de natureza diferente da vossa e de características opostas, não deveis afrontá-los nem os contrariardes. Não vos coloqueis fora das leis da sociedade, onde estais obrigados a viver. Viveis como os homens de vossa época. A virtude não consiste em assumir um aspecto severo e sombrio, nem se entregar ao martírio, rejeitando os prazeres que a vossa condição humana permite. No entanto, não vos deixeis perturbar por nenhum pensamento fútil ou pelas banalidades do dia a dia. No lugar, um sentimento de piedade deve sempre orientar o coração daqueles que imploram a assistência dos bons Espíritos.
Quando se começa ou termina a boa obra, deveis elevar o pensamento a Deus e pedir-Lhe a proteção para nela ter êxito ou a Sua bênção. A perfeição encontra-se inteiramente na prática do bem sem limites, se estendendo a todas as posições sociais, desde a mais elevada à mais simples. Somente no contato com seus semelhantes é que se encontra a ocasião de exercitar a caridade. Aquele que se isola, priva-se do mais poderoso meio de aperfeiçoamento humano e, pensando apenas nele, sua vida é a de um egoísta.
“Semeai no campo dos incrédulos, pois é lá que tendes muito a colher” – Kardec pensando menos em atrair mais adeptos, e pensando mais em ateus ou céticos, que poderiam trazer novas e valiosas contribuições à doutrina, face ao seu descompromisso no passado facilitar o trânsito de ideias que ganharam destaque, graças à liberdade de consciência, consequência da liberdade de expressão, um dos atributos precípuos do homem. Se não respeitasse tamanha liberdade, o Espiritismo incorreria em contradição com os seus princípios de caridade e de tolerância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias