O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

COM A COMEMORAÇÃO DO GOLPE, OS MILITARES CAEM NA ARMADILHA DE TER QUE SE EXPLICAR SOBRE TORTURAS

O Comandante do Clube Naval, vice-almirante Rui da Fonseca Elia, em almoço reunindo a cúpula das Forças Armadas, relativizou a tortura conforme seu chefe Bolsonaro: “Pode ter havido uma tortura aqui ou ali, mas ela pode ser entendida como técnica de interrogatório um pouco mais severo”. Tortura também foi um probleminha para a classe militar, conforme Bolsonaro já havia afiançado. Quando o fato é que transformaram instalações militares em pocilgas para matar insurrectos de pancada. Os militares e Bolsonaro ainda não se aperceberam da armadilha que Deus lhes pregou para recuarem de suas posições do Mal em defesa da ditadura. Vão ter que ficar se explicando até o fim de suas encarnações quanto aos assassinatos perpetrados nos inimigos da ditadura, a débito em sua conta. Essa será sua pena aqui na Terra. Fora a que posteriormente virá na verdadeira Justiça, mesmo quem não tiver participado por ainda ser imberbe ou haver nascido depois. Torna-se cúmplice por querer falsificar a História e posar de guardiães da democracia – logo todos eles, eternos golpistas, autoritários e guardas pretorianos! Quando não milicianos, por emprestarem apoio a um presidente e filhos que claramente expõem sua posição em favor das milícias, seja escondendo o laranjal do Queiroz, ferozmente atacando a memória de Marielle e residindo no mesmo condomínio do assassino da vereadora. Será que as Forças Armadas também perderam a noção, mirando-se no exemplo do capitão? Deixaram-se decair e macular suas tradições, seguindo-se às torturas, em abraçar aos milicianos por tabela? Induzidos por uma mera questão de poder, que poderia apagar a má fama do outrora ninho de torturadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias