O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

DEUS QUER QUE TRABALHEMOS, PENSEMOS E ESTUDEMOS

Aquele que supõe achar no espiritismo um meio fácil de tudo descobrir, incorre em grande erro, disse Allan Kardec no livro “O que é o Espiritismo”. Os Espíritos não estão encarregados de servir-nos na bandeja os avanços da ciência ou a interpretação aclarada da doutrina – seria muito cômodo. Deus quer que trabalhemos, que o nosso pensamento se exercite, procurando entender o que ainda não conseguimos compreender, pois só adquiriremos o saber e o conhecimento a esse preço. Os Espíritos não vêm para revelar antes do tempo devido o que ainda deve ser mantido oculto. O espiritismo é uma ciência de observação, e não uma arte de adivinhação ou de caráter premonitório, cuja principal virtude é cultivar a humildade, não elevando a cabeça para olhar todos de cima. A virtude é o conjunto de todas as qualidades essenciais que estruturam um homem de bem, mas que quase sempre são acompanhadas de pequenas falhas morais que as desmerecem e as enfraquecem. Ao fazer alarde de sua virtude, falta-lhe a principal qualidade: a modéstia. Sobrando o vício mais oposto: o orgulho. A virtude realmente digna não gosta de se exibir, prefere se recolher ao anonimato. Melhor praticar o bem com total desinteresse e esquecimento de si mesmo. Portanto, não imiteis o homem que se gaba de suas próprias qualidades, já que a ostentação esconde uma multidão de pequenas mesquinharias e odiosas fraquezas. Não façais nunca a tolice de erguer uma estátua à sua própria virtude, embora seja compreensível de, no fundo do coração, sentir uma satisfação íntima quando faz o bem. Mas o fato é que estamos a uma distância infinita da perfeição e, portanto, mais valem poucas virtudes com modéstia do que muitas com orgulho. O chamado ciclo evolutivo civilizatório assistiu a muitos impérios sucessivamente entrarem em decadência arrastados pelo orgulho e pela excessiva acumulação de poderes, e será pela humildade que um dia se redimirá do abuso de autoridade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antonio Carlos Gaio
Categorias