O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
julho 2021
D S T Q Q S S
« jun    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

QUAL ERA MINHA OPÇÃO?

O eleitor do tipo Ney Matogrosso, que sempre votava no Lula e, com os escândalos dos chamados mensalão e petrolão, se desencantou com a roubalheira julgada por nossos tribunais, e que votou nulo em 2018 para presidente. “Qual era a minha opção?”, a pergunta que serviu de álibi para os eleitores do tipo Ney Matogrosso que não quiseram votar em Haddad, nem no Bolsonaro incompetente e falso. Santa ignorância! Votar nulo, em branco ou ter se ausentado da pugna é sempre voto em favor do candidato que ganhou pelo fato do eleitor não ter feito questão de registrar seu voto no opositor de Bolsonaro e assim propiciado a vitória do ditador despreparado e desonesto. Já os notórios antipetistas que votaram no pouco inteligente Bolsonaro também alegam “Qual era a minha opção?”, procurando lavar as mãos com o retrocesso civilizacional que impõe ao país. Nenhum deles carrega culpa, nem estão arrependidos com o destino que reservaram ao Brasil de acordo com sua parcela de responsabilidade. Até quando irão repetir: “Qual era a minha opção?”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias