O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

DIFÍCIL TIRAR DA CABEÇA QUANDO ALGUÉM NOS FERE

Dedicado a Chico Xavier

Tudo que em mim foi encarnado, não me pertence de fato. Foi-me emprestado com a condição de que eu dividisse com aqueles que cruzam nosso caminho, não por acaso, devendo entrar em minha vida, se a eles o destino também sinalizar. Podes crer: sempre existe uma razão maior e desconhecida para entrarmos na vida de alguém. Se há muito o que aprender, ainda mais com experiências negativas, que costumam acontecer por razões determinantes advindas do carma ou de um conjunto de provações para testar seu livre-arbítrio, se estamos sujeitos a chuvas e tempestades de mau-humor, quando nada sai conforme o idealizado ou as esperanças se frustram. Não havendo, pois, que lamentar o ocorrido nem reclamar dos infortúnios. Só irá vendar seus olhos para enxergar menos ainda, visto que você tem de prosseguir em seu caminho.
E se livrar de um dos maiores problemas que nos aflige, quando não conseguimos tirar da cabeça uma certa pessoa que nos feriu, esquecer quem nos magoou, o que somente agrava a extensão da ferida, tornando-a, por vezes, bem maior do que pareceu no início. Quando nem sempre intencionam te machucar, voluntariamente. Seja porque o autor até desconhece seu poder demolidor ou você é que se sentiu ferido. Ou, um problema ainda maior, porque se deixou magoar por alguém a quem amou não corresponder às suas expectativas.
E o outro, por acaso, não alimenta expectativas? Decerto que você se decepciona, mas pode decepcionar também. No entanto, é bem mais fácil ficar voltado para a estreiteza de seu mundo e só pensar nas coisas que te incomodam. Saiba, você, que, quando partir para o outro mundo, a única coisa que vai deixar é a lembrança do que fez aqui. Portanto, tente dar o primeiro passo e não negue uma ajuda ao seu alcance. Se o ajudado age em desacordo é em defesa pura com receio de ser atingido em seu amor-próprio, temendo a humilhação, até porque não confia em seu potencial.
Vamos, seja bom, perdoe a grosseria alheia, a rudeza, o lugar-comum que confunde com mediocridade. Vai te fazer bem! Dê de você mesmo o quanto puder para aceitar a diversidade nas pessoas! No gênio que é sempre o seu oposto. Seja uma bênção! Deus não vem em pessoa para reverter seu estado de espírito intransigente. Ele dispõe dos que estão aqui encarnados, aptos a cumprir essa missão. Viva de maneira que, quando você se for, muito de você ainda permaneça naqueles que tiveram a boa ventura de te encontrar – a sua divina recompensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias