O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

JÔ SOARES E XEXÉO EM REALIDADES DIFERENTES

O apresentador, humorista e diretor de teatro Jô Soares e o cronista, biógrafo e teatrólogo Artur Xexéo ficaram fora do ar por diferentes motivos de saúde, sobrevivendo quando a expectativa de ambos não era das mais animadoras. Jô permaneceu internado por 22 dias no hospital Sírio Libanês em São Paulo, em julho/agosto de 2014, com um quadro de infecção pulmonar que rendeu uma torrente de boatos acerca de seu estado – se estava para morrer ou não. Enquanto Xexéo teve uma convulsão, um desmaio e entrou em estado de coma, somente acordando 30 dias depois num hospital, em agosto de 2016, não vendo a banda passar nas Olimpíadas nem no impeachment da presidenta Dilma, sob doses cavalares de cortisona.
Jô Soares e Xexéo despertaram para a realidade sãos e salvos, todavia, em planos de realidade completamente distintos.
Jô Soares mudou o direcionamento político de seu talk show para uma linha mais independente dos padrões editoriais do sistema Globo, não mais se comprometendo com as economistas globais fiéis a seus patrões no mercado, até ser ameaçado com pichação na frente da sua casa com os dizeres “Morra Jô Soares”, após entrevistar a então presidenta Dilma. Culminando por se abstrair da politicagem da Globo e se retirar para examinar outras propostas artísticas. O preço estava se tornando muito alto para sua inteligência e presença de espírito. Para que se desgastar mais com as necessidades do ego?
Enquanto Xexéo saiu do armário, reconhecendo publicamente sua relação homoafetiva e o seu companheiro, fiel à sua cabeceira e tomando conta de seus interesses. Imediatamente providenciando a união civil e estável em cartório, dispondo em testamento como o seu legítimo herdeiro. Em compensação, acordou transformado no mais fiel apologista do ideário político do sistema Globo, quando atribuiu o ódio ao PT à roubalheira que o partido instaurou no país, ao melhor estilo bolsonaro ou dos verdes-amarelos, só faltando bater panela. Distante dos tempos do Jornal do Brasil, em que era rigoroso, intransigente, mal-humorado e, em suas próprias palavras, antissocial, para se transformar num global festivo e deslumbrado, presente ao enterro do Moreno.
A extrema proximidade com a morte engrandeceu o espírito de Jô Soares e apequenou Xexéo, que careceu de ser apagado para encontrar sua verdadeira identidade, no seu sentido mais amplo.

Um Comentário para JÔ SOARES E XEXÉO EM REALIDADES DIFERENTES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias