O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Arquivo
Arquivo
junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Arquivo Mensal: junho 2024

VIDA DE ARTISTA

(Escrito para Magno Souza)

Vida de artista não é fácil
como pensam que é.
Criatividade não é tátil
como um serviço qualquer.

Fazer arte dá trabalho.
É uma profissão.
Se soubessem o quanto eu ralo,
não duvidariam não.

Falta ao… Continue lendo

VOCÊ JÁ SURFOU HOJE?

(escrito para Flávio Pingariho)

Boletos que não param de chegar,
preços de tudo aumentando sem parar
e o trabalho que não dá conta.
Ainda bem que eu surfei hoje…

A gente faz as contas,
aperta aqui e acolá,
acumula funcões… Continue lendo

OS FLAGELOS DA HUMANIDADE

Dentre os flagelos destrutivos, naturais e independentes do homem, a peste, a fome, as inundações, os terremotos, os furacões, as intempéries assomam e são fatais à produção que se origina da terra. Segundo Allan Kardec, os flagelos são provações morais… Continue lendo

FAÇA SUA PARTE

Cada um tem os seus próprios meios para semear o bem. Conforme as características de sua personalidade. Se tem sabedoria para compartilhar, faça-o! Há quem precise de Luz para tornar mais compreensível seus novos horizontes.
Se tem o dom de… Continue lendo

A GRANDE TRANSIÇÃO

Segundo Joanna de Ângelis, opera-se, na Terra, a grande transição anunciada pelas Escrituras e confirmada pelo Espiritismo. O planeta em crise experimenta convulsões atípicas, tanto na sua estrutura física e atmosférica, ajustando as suas diversas camadas tectônicas, quanto na sua… Continue lendo

“A MUSA DE BONNARD”

Se o filme é francês já é super, inteligente e que nos leva a pensar, assevera uma amiga. Mais um da safra, junto com “Anatomia de uma queda”, “O sabor da vida”, “Conduzindo Madeleine”, “Maestro (s)”. Um drama biográfico que… Continue lendo

FIZ 50 ANOS. E AGORA?

(poema encomendado pelo amigo André Brito)

Fiz 50 anos. E agora?
Cadê aqueles planos de outrora?
Eu teria chegado aqui
se tivesse vivido como imaginei?
Saberia eu agora tudo aquilo que hoje eu sei?

Quando criança,
pensava que crescer era… Continue lendo

AMIZADE DE JARDIM DE INFÂNCIA

(Encomendado por Helena)

Ah, que saudade do jardim de infância!
Quando a gente era criança
e eu não sabia o que era a poesia.
Não conhecíamos a palavra esperança.
A gente não esperava nada,
ia lá e fazia.

As amizades… Continue lendo

Antonio Carlos Gaio
Categorias