O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Arquivo
Arquivo
maio 2021
D S T Q Q S S
« abr    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

A LOGÍSTICA DO GENERAL PAZUELLO PARA MENTIR

O capitão presidente não para de perder a ocasião de ficar calado. Dependemos das vacinas “comunistas”, a chinesa como insumo da Coronavac e Astrazeneca, e a russa (Sputnik V), que Anvisa e Bolsonaro estão esnobando ao embarreirar nas exigências burocráticas. Bolsonaro, 03 e Ernesto viviam insultando a China e agora dependemos dela para não deixar o povo brasileiro continuar morrendo: ela é a grande produtora mundial do Ingrediente Farmacológico Ativo (IFA), sem o qual não se faz vacina alguma. Outro inimigo “comunista”, a Venezuela, está fornecendo balões de oxigênio para a Amazônia, ironicamente conhecida como o pulmão do mundo, para conter a morte dos infectados por falta de ar para respirar. O patético Pazuello, investido de ministro da Saúde e anteriormente general intendente e paraquedista, pode ser criminalizado por se mostrar incompetente na logística de milhões de ampolas vacinais da Índia e de outras vacinas que Bolsonaro nem se preocupou em manter contato com os fabricantes. E principalmente por não ter suprido a desesperadora falta do oxigênio quando recentemente esteve em Manaus. Além de práticas de curandeirismo ao lado do charlatão Bolsonaro ao prescrever “tratamento precoce” com o uso de medicamentos como hidroxicloroquina e ivermectina, mesmo sem evidências científicas de que substâncias como essas sejam eficazes no tratamento da Covid. Agora mudou de ponto de vista para o brasileiro buscar “atendimento precoce” e que o médico dê o diagnóstico e prescreva. Um dia depois que a Anvisa afirmou que não há tratamento para a Covid-19. Quando, em várias ocasiões, Pazuello recomendou, inclusive ao lado do presidente se referir a si mesmo como “doutor Bolsonaro” e exibindo uma caixa de cloroquina à plateia. Pazuello chegou a apontar a ausência de tratamento precoce como uma das causas da explosão de casos de Covid-19 na capital do Amazonas. Descaso, humilhação, empulhação para quem a morte por falta de oxigênio é o ápice dessa crueldade, típica de um presidente que faz apologia da tortura e que sempre soube usar a logística da tortura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias