O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

ADEUS AO ÁLCOOL, LULA!

Um câncer inesperado atingiu a laringe de Lula, acima das cordas vocais. Não fazia check-up há um ano. Como foi detectado bem no início, quando sobreveio uma rouquidão e dor na garganta, é curável sem necessitar de cirurgia. Mas não se livra da quimioterapia e da radioterapia, sendo provável suprimir temporariamente sua barba, que já havia perdido a imagem de guerrilheiro ao adquirir paz e amor. Pelo menos o câncer irá calar seus detratores, nem tão abstêmios assim. Menos pela hipocrisia, e mais porque o câncer, para não voltar, implica em Lula nunca mais ingerir bebidas alcoólicas. Ou melhor, sua cachacinha. E não é só isso. Sua voz, que ecoa mundo afora, terá também de calar-se ou, no máximo, falar baixinho. Será que, ainda assim, continuaria a repercutir? Caso contrário, constituir-se-ia num castigo para Lula, graças ao timbre de sua voz ser o mais poderoso instrumento para se comunicar e irritar aos adversários na mesma proporção que encantava as massas, com aberrante aprovação popular no exercício da presidência. A voz de Lula, o seu verdadeiro falo que deixou seus inimigos impotentes e conclamou o povo a apoiá-lo no impasse do episódio do mensalão, no qual os demotucanos quiseram fazê-lo sangrar em 2006. Passou a fazer parte de uma turminha em que se sobressaem Dilma, Chávez, Lugo e, por que não, Reynaldo Gianecchini?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antonio Carlos Gaio
Categorias