O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

ASNEIRA DO CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA PERSEGUIR MÉDICOS CUBANOS E TIRAR VOTOS DE AÉCIO

O Conselho Federal de Medicina, a entidade que mais combateu a presença de médicos cubanos em regiões do Brasil sem a presença da saúde pública, vai acabar prejudicando a candidatura de Aécio Neves com sua postura medieval: oferecer empregos para que eles desistam do programa Mais Médicos, pretendendo para tal acionar a rede de 400 mil médicos brasileiros. Pensando em termos práticos, se já com Bolsa Família fica difícil, imagine quando chegar ao conhecimento do povo: Aécio só será votado por quem acha que o Brasil piorou. Estupidez maior é a patronal médica ofertar funções na área administrativa até que os médicos cubanos consigam regularizar sua permanência no Brasil e se submeter ao Revalida de Diplomas Médicos. Quem irá se deixar seduzir pela proposta, já que oferecer ocupação aos médicos cubanos como auxiliar de escritório ou copeira em clínicas médicas equivale a trabalho escravo? Se comparado ao trabalho que já exercem em rincões do Brasil carentes de médicos e exerceram em Cuba e em outros países, significa rebaixamento, humilhação e pouco caso, próprio de um Caiado e do DEM, que não se cansam de discriminar. Típico de uma mentalidade brasileira tacanha, que ainda persiste de que o empregado (médico cubano, no caso) tem de se sujeitar aos caprichos do patrão (Caiado, que é médico) para conquistar uma certa alforria. No fundo, a proposta é um aliciamento tosco e vulgar para estimular desertores do regime cubano e, por tabela, atingir ao petismo, associando-o ao comunismo, própria de retardados e gagás batendo na mesma tecla por insistirem em perseguir a mesma ideologia em vias de extinção. Assim como existe um eleitorado détraqué que diariamente desperta sempre dentro da mesma realidade que lhe foi ensinada no berço e não consegue avançar no tempo, como o personagem de Bill Murray no filme “Feitiço do Tempo”, garantida a sobrevivência política de um segmento que pouco está se preocupando em fazer o médico chegar à população desassistida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antonio Carlos Gaio
Categorias