O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

BOHEMIAN RHAPSODY

A CRÍTICA DA CRÍTICA

Completamente equivocada a crítica oficial sobre “Bohemian Rhapsody” (dirigido por Bryan Singer), quando se refere a um filme musical ao contar a trajetória do cantor Freddie Mercury e da banda Queen. Talvez devido à extensão do final da película durante o show Live Aid, realizado num superlotado e delirante Wembley, cuja atuação imortalizou Freddie Mercury. Mas foi revelado o processo criativo do padrão musical do The Queen ao longo da carreira, um privilégio para o espectador. Sucede que o filme também aborda a crise de identidade de gênero, que o Brasil de Bolsonaro procura censurar e esconder, e que culmina por ser o causador da morte de Freddie Mercury, com o surgimento da Aids e nada se saber a respeito da doença. Triste e desolador para quem esbanjava tanta vitalidade. Deveras sofrido tomar contato com o rompimento de Freddie Mercury com a banda por questões mercenárias, tão comum no show business, para, posteriormente, ele confessar sua escrotidão diante da banda, já com a doença nele em curso. Do que o ser humano não é capaz! De que adiantou vender sua alma ao fugaz sucesso? Ainda bem que existe o surrado perdão para imortalizar a obra e a trajetória do gênio pop.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias