O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

CAPÍTULO VIII – O SEGUNDO CÉREBRO

Segundo o Doutor Helion Póvoa em seu livro “O cérebro desconhecido”, o intestino, embora pensado como órgão depurador e eliminador, é o nosso segundo cérebro, cuja função nobre é fabricar nutrientes para nos garantir vida e prosseguir em nossa trajetória. O infarto desarranjou o funcionamento do intestino que, desde a operação de câncer, passa por um processo de recuperação lenta que me deixa inseguro sobre o que permanecerá como sequela. Se na hora de nos submetermos a um vestibular podemos ser acometidos por um surto diarreico, imagine se o medo de morrer se apossa de ti e ameaça sobrepujar seu espírito de sobrevivência. Por isso os alemães aconselham a examinar o que diariamente eliminamos, em virtude de sinalizarem com clareza o resultado da digestão ou reflexos de estar cedendo terreno ao abatimento. Foi quando observei na matéria impura que o pesadelo havia passado e o intestino se acalmara, como se psicografando para mim. A fase seguinte é de cautela e prudência nos passos.
A oitava intervenção espiritual, em 13 de novembro de 2015, se iniciou com cânticos para abrir caminho para os espíritos curadores e a leitura do item 26 (“O verdadeiro cilício”) do capítulo 5 (“Bem-aventurados os aflitos”) do livro de Allan Kardec, “O Evangelho segundo o Espiritismo”.
O verdadeiro cilício, o genuíno martírio. As provas têm por objetivo exercitar a inteligência, a paciência e a resignação. O mérito consiste em suportar sem lamentação as consequências dos males que não se podem evitar, em continuar na luta, em não se desesperar se não for bem-sucedido, sem nunca, porém, agir com displicência, o que seria antes preguiça do que virtude. Se deixais vossos aposentos perfumados para ir a uma habitação miserável levar a consolação, se vos privais do sono para velar a cabeceira de um doente que apenas é vosso irmão em Deus, não adormecestes em meio aos prazeres ilusórios da riqueza. As alegrias do mundo não ressecaram vosso coração ao colocar vossa saúde na prática das boas obras. Se vos retirais do mundo para evitar suas seduções, que utilidade tendes na Terra, se fugis da luta e desertais do combate? Se quiserdes um sacrifício, aplicai-o sobre vossa alma e não sobre vosso corpo. Castigai vosso orgulho, recebei as humilhações sem vos lamentardes, pisai em vosso amor-próprio, resisti à calúnia mais torturante que a dor física, mortificai vosso Espírito: eis a verdadeira penitência, já que atestarão vossa coragem.
Nada mais justo do que me encher de júbilo com a conclusão do projeto de climatizar o andar térreo da Fundação Marietta Gaio em menos de 3 meses, o que irá beneficiar o atendimento e o tratamento médico aos assistidos, já que o Rio de Janeiro é um forno nos meses de verão. Bem como proporcionar maior bem-estar aos que participam das palestras, na sala de passes e à direção da Casa, com todos compartilhando o mesmo espaço climatizado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias