O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

É SEMPRE A MESMA COISA

Não muda nunca, sai ano entra ano. Se você der uma saidinha, quando voltar vai encontrar tudo conforme deixou, ou viu, ou escutou. Como o desfile de escola de samba.
Música de Martinho da Vila.
Novela das oito.
O assalto.
As prostitutas batendo ponto na avenida.
Policial que mal consegue andar de tanta quentinha que belisca na ronda.
Filas.
Natal.
Falar no celular como se sua conversa interessasse aos outros.
Tudo continua na mesma. A mesma coisa.
Deve ser tão chato para essa gente a vida monótona em que não se enxerga nada que preste ou a motive a dar um passo à frente e mudar o estado de coisas que os afunda no marasmo envolto no bolor a recordar um passado, que agora é cinzas, posto que se arrependimento matasse, já teriam se suicidado. Se, ao menos, fossem de boa argamassa, não se choraria o leite derramado nem as lágrimas seriam de crocodilo. Vontade dá e passa, se tivessem feito ao contrário do que aconselharam os sábios de plantão, o inferno seria abençoado no lugar do céu e o céu iria procurar sua turma no paraíso, para onde vão os homens-bomba que somente pensam em morrer e merecem um descanso.
Mas vê lá se alguém quer saltar fora do agito daqui, vai que lá a cana é dura. Então larga de ser turrão e se importar com merreca, porque aqui se faz aqui se paga. Trata de dar um rumo no teu leme, ainda dá tempo de soltar a franga.
Só o Diabo faz o fiel dar um passo em falso para descobrir o que tem por trás da cara-metade e abandonar essa coisa de só ver as coisas pelo mesmo ângulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias