O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Arquivo
Arquivo
agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

NINGUÉM ACREDITARIA SE LULA EM CAMPANHA TIVESSE PROMETIDO ACABAR COM A DÍVIDA EXTERNA

O Brasil precisou de um presidente pouco chegado às letras e de um ministro da Fazenda acusado de invadir o sigilo bancário do caseiro, para acumular reservas suficientes e quitar a dívida externa de uma só vez, se necessário fosse, sobrando uns trocados para a oposição comer pizza. Só se propunha moratória ou calote para não pagar a dívida externa com a fome do povo. Se Lula já estava em alta, sua capacidade de honrar compromissos faz jus a rodar papel-moeda com sua efígie e assinatura de um banqueiro à frente do Banco Central, que não se dobrou à vontade da esquerda para combater a inflação. Nunca antes no Brasil houve um presidente – ou mesmo imperador – capaz de pagar a dívida externa, formando uma trinca que tinha tudo pra não dar certo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias