O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
junho 2022
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

PARA ALAN SALGUEIRO, O @RASCUNHOSDEREVOLUÇÃO

Num mundo de talvez,
Tal é a vez, o viés e a verve poética
Cheia de métrica e de sabedoria
Com a maestria que lhe é peculiar.

Pecúlio há, ou deveria haver
Nas mãos de quem escreve como você.
Externa nossas dores rimando
E só com rimas ricas
Explica a nossa pobreza mental.

Toda vez que te leio, penso: Uau!
E me inspiro a escrever mais como você.
Se eles não nos pagam por tudo que podem ler
E nós sempre estamos correndo atrás do prejuízo
Trabalhando com tanto a escrever,
Pelo menos essa riqueza, em parte, me sustenta:
Seu exemplo, sua raça, sua poesia me alimenta.

Que o mundo tenha mais escritores como você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias