O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Arquivo
Arquivo
agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

SER POLÍTICO HOJE

Ser político hoje virou ser mítico,
Atípico humano fora do normal.
Ser criado pelos algoritmos
Da mídia social.

Os eleitores são e-leitores,
Leem sob a luz da tela, artificial.
Quando leem afinal.
Preferem as fotos e memes.
Mal leem as legendas,
Que dirá o jornal.

Fake-news já virou fato real,
Sacada virtual,
Gigante fatia da pizza
Dos gráficos e estatísticas
Desta realidade atual.

Ser político em era de internet,
De lavagem cerebral que só cresce
E nos faz mal.

Ser político em era de cancelamento
É querer lacrar a todo tempo,
Mesmo sendo jumento,
Ganhar tantos seguidores,
Cegos em suas dores,
Cansados de ser vítimas
Se jogando como iscas
Num cardume de burrice total.

Quem foi mesmo que disse
Que não tem bandido de estimação?

Foi aquele que criou bandidos sem nomes,
Só zeros à esquerda?
Em militar numeração?
Quem foi mesmo que disse?

No mundo de Alice,
Faz de conta que não existe
O que quer que seja de triste
E se prolongue a canalhice
De rir da cara do povo o tempo todo.
Com o povo rindo junto, sem dentes.
Coitados-crentes-contentes.

Ser político hoje virou ser mítico.
Atípico humano.
E por um plano insano
Virou o novo normal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias