O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

CARTÃO CORPORATIVO

Com as bênçãos do cartão corporativo.
Ministro da Justiça se hospedando no Copacabana Palace, como uma estrela de cinema. Servidores públicos comprando produtos piratas na Feira do Paraguai, em Brasília, ou em barraca de chinês especializado em marcas falsificadas de óculos de sol e sutiãs.
Matilde, da Igualdade Racial, alugando carros de luxo na falta do oficial, sem passar em branco no free shop, e culpando os assessores pelo mico que pagou.
A Marinha se fez presente em jóias, artigos de pelúcia e churrascos comemorativos de promoções ou despedidas.
Luvas descartáveis para o serviço médico do Planalto e luvas para os Dragões da Independência postados na rampa.
Pasta 007, com cadeados, mesa de sinuca, esteira e até tapioca, recheada com queijo coalho, coco ralado e manteiga da terra, uma das 57 no cardápio e pedida por 99% dos nordestinos que freqüentam a Tapiocaria Maria Bonita e não possuem o cartão corporativo.
Só se for cego para confundir cartão de crédito pessoal com o corporativo, decorado com o brasão da Presidência da República. Além de guloso, o olho maior do que a barriga castiga, de quem Deus não duvida, se invocada a ignorância ao arrepio da lei.
O dinheiro público é de ninguém, é de quem for mais esperto e chegar primeiro, alegando desconhecimento de causa, por não ter sido orientado previamente onde podia ou não meter a mão. Portanto, negue, diga que já se esqueceu, negue, negue sempre, pois quem não dá assistência, abre pra concorrência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias