O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

CAPÍTULO CXXX – VOCAÇÃO PARA A PERSEVERANÇA

Vivemos uma época de negação do saber, do conhecimento e da experiência acumulada nos acontecimentos atuais do planeta, segundo o Espírito Emmanuel. A transparecer que as portas celestiais se cerraram para sempre. Se o Céu estancou a fonte de dádivas, também é verdade que a capacidade de receber dos crentes entorpeceu. Parece que Deus se zangou com a falta de humanidade expressada através do personalismo destruidor que fortalece a raiz do egoísmo e que nos leva a raciocinar sem a iluminação espiritual, obrigando a nos deparar com o famoso dilema de mesmo título do filme: A escolha de Sofia.
Qual dos dois filhos a mãe entregar aos carrascos nazistas para ser sacrificado no campo de concentração? Se nos alinhamos com a imutabilidade dos preceitos de Cristo muito bem conservados no interior de uma cruz ou se na falta de constância, a extrema instabilidade ou mesmo sem a menor vocação para a perseverança?
Prosseguindo a intervenção espiritual, sem ainda ser presencial na Fundação Marietta Gaio e realizada na residência de cada médium e de quem se encontra sob tratamento, segundo o calendário da Fundação, com todos obedecendo ao regime de confinamento em face da pandemia do coronavírus, a centésima trigésima intervenção espiritual, em 18 de dezembro de 2020, efetivou-se sob a égide da leitura de “Vinha de Luz”, 39 (“Em que perseveras?”), de Chico Xavier pelo Espírito Emmanuel, e estudo preliminar do capítulo 21 (“Haverá falsos cristos e falsos profetas”), itens 6 e 7 (“Não acrediteis em todos os espíritos”) do livro de Allan Kardec, “O Evangelho segundo o Espiritismo”.
Não peçais ao Espiritismo milagres nem prodígios, pois ele não os produz. Revela sim outras leis desconhecidas, mas da Natureza, que regem as relações entre o mundo corporal e o mundo espiritual ao explicar uma certa ordem de fenômenos até então incompreendidos, que destroem o que ainda permanece sob o véu de muitos mistérios, fantasias e lendas. Essas, somente propícias a quem as explora, abusando da credulidade alheia, fazendo aflorar uma categoria perigosa dentre os desencarnados: os espíritos embusteiros e falsos sábios, erráticos que se apropriam da palavra de Deus e saem a vaticinar ideias extravagantes e absurdas.
O apóstolo João já nos prevenia quanto aos falsos profetas que surgem no mundo, havendo que provar se eles são Espíritos de Deus, somente reconhecidos por características sempre morais, nunca materiais.
Julgam-se os Espíritos pela grandeza e qualidade de suas obras, como a uma árvore pela qualidade de seus frutos. Para esses, as oportunidades do Senhor continuam fluindo, incessantes, sobre a Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias