O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
janeiro 2022
D S T Q Q S S
« dez    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

O COVARDE DO BOLSONARO CONTINUA MENTINDO: “PREFIRO MORRER A PERDER MINHA LIBERDADE”

O que se passa na cabeça de Bolsonaro? Ficou indignado com Moro, seu ex-ministro da Justiça, que, em seu livro de campanha, narrou que Bolsonaro teria comemorado sua decisão de mandar prender Lula, fato que o levaria a se sagrar presidente. Já sinalizou que irá fazer campanha na base da mentira, com sua falta de caráter, demonstrando que aprendeu a velha política ao se tornar um falso herói e justiceiro – palavras de Bolsonaro, mas que nele se encaixam à perfeição. Moro roubar-lhe a vaga no 2º turno é tudo que Bolsonaro não sonhara em seus constantes pesadelos de assassino público nº 1. Foi o que lhe bastou para desmoralizar a Anvisa, só porque recomendou exigir passaporte vacinal à entrada de turistas estrangeiros de modo a evitar disseminação de cepas diferentes do vírus, incluindo a variante Ômicron. Reforçado pelo seu porta-voz e cão de guarda, o ministro da Saúde Queiroga: “o binômio saúde e economia é indissociável, às vezes é melhor perder a vida do que a liberdade”. Um médico optar pela morte como solução de vida? A traição ao juramento de Hipócrates o levará ao julgamento pela História e à condenação a trabalhos forçados, cuja natureza não será a usualmente conhecida. Pior do que isso é o exercício mental do incapaz Bolsonaro, até para ser síndico de um prédio: “vacinados também podem contrair e transmitir o vírus, e até morrer”, fazendo-se de desentendido ao negar a importância da vacina, quando especialistas não se cansam de repetir que as vacinas servem para reduzir contágio e transmissão, não para impedir por completo a propagação. Arrematando: “Por que essa coleira que querem colocar no povo brasileiro? Cadê a nossa liberdade? Eu prefiro morrer do que perder a minha liberdade”. Bolsonaro está sempre voltado para iludir, enganar, manipular, mas para mentir, o cafajeste está em primeiro lugar de braço dado com o juiz Moro. Para quem defende a ditadura militar, torturas, anda com milicianos, interfere no funcionamento da polícia e do Judiciário, quer mandar nas Forças Armadas, não pode prezar a liberdade. Ademais, um covarde como Bolsonaro quer distância da morte, já que da Justiça Divina ele não escapa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias