O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Recentes
Arquivo
Arquivo
agosto 2020
D S T Q Q S S
« jul    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Antonio Carlos Gaio

O HOMEM, DE TESE A TESÃO

Desde a Pré-História o homem se condicionou à arte do combate, aos cuidados de proteger os seus e resolver os problemas de sobrevivência… caçando. Sem jamais demonstrar medo ou vacilo, o que atrofiou a verbalização emocional, somente agora em vias… Continue lendo

A ÓTICA DO CAPUZ

Perdemos a paciência, caminhamos para o mesmo descontrole de Bush ao ver as torres queimando, tragadas pela ira de Alá. Não é mais possível suportar exércitos de menores de idade a soldo do comando de gangues de narcotráfico lançarem coquetéis… Continue lendo

ORGIA NA CABEÇA

São inúmeras as possibilidades do homem que é homem balançar a roseira no carnaval, nostálgico de um tempo em que bacanais e calígulas desbancavam o bobão do Rei Momo que só quer saber de comandar os festejos de forma ingênua… Continue lendo

O PRESTADOR DE SERVIÇOS

Parece anúncio de jornal. Mulher com vocação pra amor bandido necessita de uma boa alma para livrá-la do vício pelo mau caráter.
Aquela mulher jamais procuraria, em condições normais de temperatura e pressão, um sujeito careta. Ela era linda e… Continue lendo

SENADORA DAS ALAGOAS

Heloísa Helena é senadora das Alagoas, não da República de Alagoas como qualquer Estevão mal-intencionado, bem apessoado e à altura dos critérios que nortearam sua fortuna, possa vir a difamá-la.
Senadora, não dê ouvido a ecos que vêm do Congresso… Continue lendo

ESPERANÇA OU MEDO?

Schopenhauer (1788-1860) foi o primeiro filósofo a proclamar que o âmago do mundo é irracional, fundamentalmente oposto à inteligência e à razão, enaltecidas pelos gregos e exaltadas no Iluminismo. O poder de fato que causa todos os sofrimentos. Os seres… Continue lendo

FILHINHOS DA MAMÃE

Apresentar à mãe a mulher que arrebatou seu coração é um claro manifesto de compromisso, de interesse naquela que deseja ser sua, somente sua, a ponto de confundir os papéis do casório com a entrada na posse do amor querido.… Continue lendo

CARIOCA AMIGO

Desde que os portugueses adentraram a Baía da Guanabara e puseram os pés em manguezais e praias, a discussão em torno da melhor forma de se aproximar dos estranhos, sem parecerem alienígenas, causa rebuliço. O espelho como elemento de escambo… Continue lendo

O SONGAMONGA

Ela olhou a foto jogada em cima da mesa e escolheu: “quem é esse, dê-me seu telefone”. Mas ele é alemão e não mora aqui, esclareceram. Num domingo chuvoso e propício, acertaram os primeiros detalhes. Traçou uma linha reta entre… Continue lendo

FALAR SOZINHO

O fato de uma criança brincar falando sozinha.
Por não encontrar um interlocutor à altura.
Que pretensão!
Rematada tolice por se tratar de à altura da fantasia, onde se necessita de um Sancho Pança que acompanhe as travessuras de Peter… Continue lendo

ENTREGA DO OURO

Eis que o Brasil se africaniza e abraça a cruzada contra a fome ao eleger Lula, depois de exaurir a última década do século XX na tentativa de se inserir dentre as maiores economias do mundo, uma megalomania ufanista que… Continue lendo

O VAGABUNDO DE PRAIA

Todo santo dia o vagabundo de praia bate o ponto na água do mar ao se benzer, agradecendo a dádiva de Deus por permanecer vivo mais um alvorecer. De raquetes de frescobol na mão a procurar parceiro. Ele nem se… Continue lendo

O DESMONTE DO COMUNISMO

Depois de completar uma verdadeira maratona de 60 anos para ver reconhecidos, na olimpíada da política, méritos no sistema comunista, é natural esmorecer, relaxar a posição de sentido, abrir a guarda e deixar furos na cortina de ferro, por onde… Continue lendo

PRESENTE DE NATAL

Existindo ou não família, completa ou incompleta, com buracos ou deixando a desejar, sendo ou não solidária com o seu destino, remetendo ou não a um repouso reparador na cadeia para quem discordar virulentamente de suas diretrizes, somos obrigados a… Continue lendo

A SUPREMACIA COMUNISTA

A KGB surgia no cenário da Guerra Fria que dividiu a Europa em dois blocos, de um lado, as forças da OTAN – Organização do Tratado do Atlântico Norte -, criada em 1949. Do outro, Moscou tratou de unir os… Continue lendo

MAL-INTENCIONADO

Todo cidadão que zerar seu patrimônio, “doando” seus bens a parentes e amigos, restando em seu poder, apenas para manter as aparências, uma mísera linha telefônica, que não quer dizer nada, está mal-intencionado em não comprometer o futuro dos seus… Continue lendo

STALIN, HERÓI DE GUERRA

O período de 1936-38 é o mais complexo e definidor do século XX, em que se emaranham o apogeu do nazismo de Hitler e do fascismo de Mussolini com o clímax dos grandes expurgos de Stalin, ao se apropriarem do… Continue lendo

IRMÃOZINHOS

É todo casal, por definição, que sai junto para todos os cantos, se falam ou se vêem quase diariamente, cercado de testemunhas que desconhecem que o casal divide a mesma cama, mas não “cruzam”, não se interpenetram, não dão cabo… Continue lendo

O REALISMO SOCIALISTA E A ARTE

Stalin foi um dos personagens mais tirânicos da história da Rússia, rivalizando-se na repressão com Ivan, o Terrível. No ápice de um reinado de terror, os cidadãos acusados de crimes políticos graves eram torturados até confessar, julgados secretamente por tribunais… Continue lendo

A INABALÁVEL FÉ NO COMUNISMO

Pouco antes de se ordenar seminarista, Josef Vissarionovitch Djugashvili foi expulso em 1899, por aderir às idéias de Karl Marx. Adotou o nome de Stalin (homem de aço) como editor do Pravda (A Verdade), jornal recém-fundado por Lenin, quando foi… Continue lendo

O ÚLTIMO MALANDRO

O último malandro acabou. Seja o personagem-tipo carioca no meio dos pobretões, na virada do século XIX, às voltas com a capoeiragem e valentice – o malandro da Lapa. Seja o malandro-agulha, de bigodinho fino na sobrancelha do lábio superior… Continue lendo

LENIN E A REVOLUÇÃO RUSSA

Eis então que apareceu Vladimir Ilitch Ulianov, conhecido por Lenin, que iria mudar o curso da História russa mais profundamente que ninguém, depois de Pedro, o Grande. Trazia debaixo do braço a doutrina do comunismo.
O comunismo é uma doutrina… Continue lendo

FIM DO CZARISMO

Em junho de 1812, a Rússia sofreu o primeiro de uma longa série de desastres que viria a conhecer durante todo o século XIX e começo do século XX com o fim do czarismo. Napoleão, representante desta cultura da qual… Continue lendo

BLINDAGEM

Blindagem é o termo da moda baseado no caráter de tanque que se quer conferir aos automóveis que transportam o pessoal endinheirado que não tem tutano para descobrir uma outra fórmula que o distinga do senhor feudal que levantava muralhas… Continue lendo

CATARINA DA RÚSSIA

A princesa Catarina não era russa e nem se chamava Catarina ao ascender ao trono da Rússia, resultado de um vácuo no poder em que a coroa passou por diversas mãos até cair no colo de Pierre de Holstein –… Continue lendo

MEDO EM REVISTA

É um péssimo exemplo para a juventude que artistas-cidadãos de mais de 50 afirmem ter medo, a pretexto de reafirmarem sua opção eleitoral.
Por delinearem um futuro próximo de incertezas, quando a população majoritária de jovens e sem emprego anseia… Continue lendo

REINAÇÕES DE PEDRINHO

Reinações é uma palavra que caiu em desuso, se referia às crianças que não paravam quietas, a bulir com curiosidade, na perspectiva iminente de aprontar alguma quebrando louças e bibelôs, derramando leite na mesa do café da manhã. Monteiro Lobato… Continue lendo

PEDRO, O GRANDE

No fim do século XVII, a dinastia dos Romanov deu à Rússia um czar tão poderoso quanto Ivan, o Terrível, mas sem seu espírito destruidor. Era Pedro, o Grande, o pai da Rússia moderna. De infância difícil, como Ivan, assistiu… Continue lendo

VÍCIO

Ejaculam-se hipóteses, vasculham-se porões, percorrem-se labirintos, tonteia-se em meandros, afoga-se nas ondas, despenca-se de abismos, nada-se contra a correnteza, o rodamoinho te aguarda, a roda da fortuna se distancia, e o vício?
O vício, meus caros irmãos, deve ser tratado… Continue lendo

IVAN, O TERRÍVEL

De 1462 a 1505, Ivan III põe fim à suserania tártara, funda o Estado Russo independente, cuja autocracia imperial seguiu as concepções do primado romano ao anexar a maior parte dos principados vizinhos. A idéia era transformar Moscou numa terceira… Continue lendo

RESSACA

Procure não ser lógico, abstenha-se de querer bancar o cientista político e adote uma linha de raciocínio a esmo.
O engravatado paulista rotula o carioca de exótico e festivo no ato de votar, do socialismo moreno de Brizola, amparado em… Continue lendo

MALMEQUER E BEM-ME-QUER

Malmequer e bem-me-quer designam plantas que pertencem ao mesmo tronco da família das compostas e que, na geléia geral da botânica, significam que de onde você mais espera é dali mesmo que a esperança falece, o peixe morre pela boca… Continue lendo

GUERRA À VISTA

Os Estados Unidos criaram uma nova modalidade de guerra, amparados na legislação trabalhista brasileira: a guerra com justa causa. Expulsar Saddam Hussein do trono para evitar que seu governo utilize armas de destruição maciça ou as transfira a grupos terroristas,… Continue lendo

O PALHAÇO DA CORTE

Quem não conhece pessoas que sentem prazer em ser o palhaço da corte? O palhaço no meio em que vivem, como aquela dileta irmã sem espaço para transitar dentre irmãos machistas que reproduzem o modelo patriarcal ao lado de sua… Continue lendo

LARGUEM DO MEU PÉ

Por que ao se sentar numa sala de cinema relativamente vazia, automaticamente você aciona um imã que irá atrair carentes que não agüentam se refestelar em poltronas solitárias? Disparando simultaneamente sons distintos de caixas de balinhas Tic-Tac, invólucros de chocolate,… Continue lendo

ESTAMOS PERDIDOS

Estamos perdidos diante do sorriso irônico do traficante Fernandinho Beira-Mar. Sem precisar arrombar uma porta e armado até os dentes dizimou facções adversárias que não se curvaram perante a supercorporação que deseja formar atrás das grades de um presídio de… Continue lendo

A CULPA É DA POLTRONA

O episódio do World Trade Center deu novas cores à triste situação em que já se encontrava o passageiro ao embarcar num avião. Jumbos abatidos por confundir com o inimigo, explodidos por bombas no bagageiro à mercê de credos e… Continue lendo

QUE PETULÂNCIA!

A globalização é uma cirurgia estética para reparar culturas cuja beleza artística encerra uma representação sensível da verdade de seu espírito, por que não dizer divino, num contexto harmonioso de traços e de cores. O implacável bisturi opera culturas dignas… Continue lendo

NINGUÉM ME AMA

Nora Ney imortalizou ninguém me ama, ninguém me quer. Em 6 de agosto de 1952, a cantora foi induzida pelo marido a se suicidar, quase alcançando a morte se não fosse socorrida a tempo. Era a tal da incompatibilidade de… Continue lendo

Categorias