O que está por detrás da notícia em rápidas palavras
  
  
Arquivo
Arquivo
março 2019
D S T Q Q S S
« fev    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

A crítica da crítica

ANIMAIS NOTURNOS

Animais Noturnos

Animais Noturnos

Um sensacional e sofisticado thriller do esteta Tom Ford saído do Festival de Veneza com o Grande Prêmio do Júri, e que vem sendo apontado como potencial concorrente ao Oscar de 2017. Tom é bem conhecido na indústria… Continue lendo

BELOS SONHOS

Belos Sonhos

Belos Sonhos

Marco Bellochio é um diretor italiano que nos convida a ir ao cinema com a garantia absoluta de prazer e admiração pela arte que evoca de suas realizações. “Belos Sonhos” resulta da adaptação do romance autobiográfico de Massimo… Continue lendo

LOUCAS DE ALEGRIA

Loucas De Alegria

Loucas De Alegria

Excelente filme de Paolo Virzi dentro da lamentável cota reduzida da produção cinematográfica italiana que chega ao nosso país, com a sua típica sensibilidade exacerbada e personagens vivendo seus problemas com extrema intensidade e nervos à flor… Continue lendo

MENINO 23

Menino 23

Menino 23

O filme de Belisário França nasceu quando o historiador Sydney Aguilar foi informado que havia centenas de tijolos estampados com a suástica, o símbolo nazista, na fazenda de Campina do Monte Alegre, em São Paulo. A investigação descobriu… Continue lendo

CAFÉ SOCIETY

Café Society

Café Society

Por vezes, os críticos de cinema e os chamados expert enchem nossa paciência. Ouço, desde os anos 90, que Woody Allen só faz se repetir. Quando o que seu público (enorme) quer é mais da suposta mesma coisa.… Continue lendo

“MÃE SÓ HÁ UMA”

Mãe Só Há Uma

Mãe Só Há Uma

Anna Muylaert é a melhor cineasta brasileira dos últimos dez anos, ao lado de Kleber Mendonça Filho de “Som ao Redor”, com o seu originalíssimo “Durval Discos” (2002), com a excelente Glória Pires valorizando mais ainda… Continue lendo

JULIETA

Julieta

Julieta

Como é que pode a crítica tachar de menor um filme de um mestre como Almodóvar? Se a maioria dos que o precederam é arte de gênio, “Julieta” é brilhante. Como se não bastasse o tema de uma mãe… Continue lendo

“O ABRAÇO DA SERPENTE”

O Abraço Da Serpente

O Abraço Da Serpente

Poucos cineastas, como Ciro Guerra, conseguiram dialogar tão bem com os elementos naturais da Amazônia, a cada pedaço navegado de um rio, subindo corredeiras, ou de matas percorridas a emprestarem sua grandiosidade a paisagens da Amazônia… Continue lendo

“O QUARTO DE JACK”

O Quarto De Jack

O Quarto De Jack

Não parecia, mas é o melhor filme dos oscarizáveis, descartando desde já os que Hollywood mais gosta (“Mad Max” e “Perdido em Marte”). Não somente por inspirar-se no monstro austríaco Josef Fritzl, que estuprou sua própria… Continue lendo

“A GAROTA DINAMARQUESA”

A Garota Dinamarquesa

A Garota Dinamarquesa

Nos anos 1920, gay era pervertido e sujeito a ficar recluso para não dar maus exemplos à sociedade ou se render a um tratamento com choque elétrico para corrigir o desvio da gênese do sexo, combatendo a… Continue lendo

“BROOKLYN”

Brooklyn

Brooklyn

Como é gostoso ver filmes de um passado recente de 70 anos que retratam e enriquecem o século XX! Especialmente os dos anos 50, como se constata em “Carol” e “Brooklyn”. Em “Brooklyn”, Saoirse Ronan diz tudo com os… Continue lendo

“O REGRESSO”

O Regresso

O Regresso

Há longos e tediosos anos que a indústria de entretenimento nos EUA faz lobby para dar um Oscar de melhor ator a Leonardo DiCaprio. É melhor dar um logo, nesse papel de herói, pois já encheu a paciência… Continue lendo

“TRUMBO – LISTA NEGRA”

Trumbo: Lista Negra

Trumbo: Lista Negra

É o tipo do filme em que não se sabe se é o personagem da vida real, o roteirista Dalton Tumbro, que exerce um fascínio inolvidável por sua trajetória ao enfrentar a decantada democracia americana que desencadeava… Continue lendo

“ANOMALISA”

Anomalisa

Anomalisa

Sério concorrente ao Oscar de Melhor Animação, não se sabe o que mais impressiona. Se o realizador Charlie Kaufman (em parceria com Duke Johnson), brilhante roteirista dos inimitáveis “Quero ser John Malkovich”, “Adaptação” e “Brilho eterno de uma mente… Continue lendo

“CINCO GRAÇAS”

Cinco Graças

Cinco Graças

Embora indicado para o Oscar de melhor filme estrangeiro como produção francesa, todos são turcos desde a cineasta Deniz Gamze Ergüven em sua estreia como diretora, passando pelos atores, até o roteiro centrado na irmã caçula (a estupenda… Continue lendo

“BODY”

Body

Body

É um filme polonês sobre espiritismo em sua parte mais importante, para o qual a crítica não chama a atenção, até por ignorar o assunto, quando a temática tem um público vasto e fiel. A diretora Malgorzata Szumowska… Continue lendo

“CAROL”

Carol

Carol

O filme não vem obtendo o reconhecimento que merece quando faz jus à nota 10 em figurinos altamente rebuscados, trilha sonora com músicas inidentificáveis do princípio dos anos 1950, fotografia, uma viagem ao passado, e roteiro adaptado de… Continue lendo

“STEVE JOBS”

Steve Jobs

Steve Jobs

É um filme que deveria ter sido incluído na lista dos melhores do Oscar do grande diretor Danny Boyle (“Transpotting” e “Quem quer ser um milionário?”), e o ator Michael Fassbender fazer jus a ser premiado como o… Continue lendo

“A GRANDE APOSTA”

A Grande Aposta

A Grande Aposta

É um filme que os colunistas políticos e os chamados entendidos em economia neoliberal jamais assistirão. Farão cara de muxoxo ou se recusarão a ver a cena em que são retratadas com óculos de cego as agências… Continue lendo

CHATÔ, O REI DO BRASIL

Chatô, O Rei Do Brasil

Chatô, O Rei Do Brasil

O autor do filme e das trapalhadas que só permitiram exibir “Chatô, o rei do Brasil” 20 anos depois foi Guilherme Fontes. Ele é livre para fazer o filme do modo como bem entender, embora… Continue lendo

“QUE HORAS ELA VOLTA?”

Que Horas Ela Volta?

Que Horas Ela Volta?

Um filme irretocável, sem um defeito sequer, que fez jus ao prêmio de o melhor na Mostra Paralela do Festival de Berlim (dado pelo público) e de melhores atrizes no Festival Sundance, conferido à dupla Regina… Continue lendo

WOODY ALLEN, O DOCUMENTÁRIO

Woody Allen: Um Documentário

Woody Allen: Um Documentário

Ninguém sabia que Woody Allen começou escrevendo piadas que enviava para colunistas de jornais, nem tampouco que fez stand up em teatro e casas noturnas com enorme sucesso, o que o levou a ser entrevistado pelos… Continue lendo

RETORNO A ÍTACA

Retorno a Ítaca

Retorno a Ítaca

Segundo a Odisseia de Homero, Ulisses era o rei de Ítaca quando os gregos partiram para Troia. A guerra durou 10 anos, mas ele levou outros dez para regressar à sua ilha natal, após inúmeras aventuras depois… Continue lendo

A LIÇÃO

A Lição

A Lição

Creio que nunca baixou no Brasil um filme búlgaro. Como estreia, não podia ter sido melhor. Um grande e surpreendente filme, principalmente pela temática inédita, muito valorizada pela atuação de Margita Gosheva que, ao transformar numa fixação descobrir… Continue lendo

PERMANÊNCIA

Permanência

Permanência

O diretor e roteirista Leonardo Lacca, o representante da novíssima safra do inteligente e afiado cinema pernambucano, consegue uma façanha em seu filme vencedor do recente Festival de Cinema de Pernambuco. Ele nos insere na cabeça do personagem do… Continue lendo

MISS JULIE

Miss Julie

Miss Julie

A crítica de cinema por vezes decepciona por se conformar em ficar restrita à circunscrição do filme, sem observar que Johan August Strindberg, autor da peça “Senhorita Júlia” que originou o filme Miss Julie, escrito a quatro mãos… Continue lendo

“WINTER SLEEP”

Winter Sleep

Winter Sleep

Do diretor turco Nuri Bilge Ceylan, Palma de Ouro no Festival de Cannes de 2014, o mesmo cineasta de “Era uma vez na Anatólia” e “3 Macacos” (melhor diretor do Festival de Cannes em 2008). Produtor, roteirista, diretor… Continue lendo

ÚLTIMAS CONVERSAS

Últimas Conversas

Últimas Conversas

De Eduardo Coutinho, que morreu com o filme inacabado, posteriormente montado por Jordana Berg e terminado por João Moreira Salles. Eduardo Coutinho foi um cineasta inigualável por arrancar depoimentos sobre a vida pessoal de entrevistados que nenhum psicanalista… Continue lendo

“O DIÁRIO DA ESPERANÇA”

O Diário Da Esperança

O Diário Da Esperança

O filme foi escolhido para representar a Hungria na disputa pelo Oscar de melhor filme estrangeiro em 2014. Aliás, o ideal seria realizar no Brasil um festival ou mostra dos filmes estrangeiros que se candidatam ao… Continue lendo

AL PACINO

Al Pacino

Al Pacino

Al Pacino é daqueles atores que se vai ao cinema primeiro para vê-lo em cena, e depois apreciar o filme. Sempre foi o grande ator de “O Poderoso Chefão” e só veio a ganhar apenas um Oscar em… Continue lendo

PARA SEMPRE ALICE

Para Sempre Alice

Para Sempre Alice

Não é tão somente um filme sobre Mal de Alzheimer como outros poucos. Nem justo taxá-lo de um filme apenas regular se o mal acomete uma professora renomada de linguística, precocemente aos 50 anos, linda como a… Continue lendo

“IDA”

Ida

Ida

Tem certos filmes em que você sai da sala de exibição não gostando muito, pronto para levantar defeitos na sua concepção ou no dejà vu de uma freira que não está preparada em se render aos votos da pobreza… Continue lendo

HOMENS, MULHERES & FILHOS

Homens, Mulheres & Filhos

Homens, Mulheres & Filhos

Jason Reitman dirigiu Obrigado por Fumar (2005), Juno (2007, o mais famoso) e Amor sem Escalas (2009), sempre com enredos premiados e uma abordagem amadurecida, própria de um jovem nos seus 38 anos. É o que… Continue lendo

“GRANDES AMIGOS”

Grandes Amigos

Grandes Amigos

Esse é o melhor da enxurrada de filmes franceses que vem sendo exibido semana pós semana, concorrendo com as também inúmeras películas argentinas, pela primazia de nos proporcionar o maior prazer graças à inteligência de seus diálogos e… Continue lendo

Categorias